Ração humana e o emagrecimento

racaoMuito tem se divulgado sobre a ração humana, especialmente a respeito dos seus efeitos emagrecedores. Mas afinal, o que é a ração humana? Será que ela funciona mesmo?

 A ração humana é uma mistura de componentes, contendo cereais e sementes, em sua maioria, na qual cada um com sua função contribui para diversos benefícios ao nosso organismo.

Existem vários tipos de ração humana, variando muito os seus compostos e, por isso, os efeitos no organismo vão ser influenciados de acordo com os ingredientes adicionados. Dentre estes, os mais encontrados são:

Linhaça: o farelo de linhaça é bastante utilizado. É fonte de fibras, tanto insolúveis quanto solúveis, rico em óleos essenciais como o ômega-3 e o ômega-6 (sendo que a linhaça dourada tem maior quantidade de ômega-3) e compostos antioxidantes como a vitamina E. Auxilia, também, no bom funcionamento do intestino, tem ação antiinflamatória e ainda aumenta a atividade do sistema imunológico.

Fibra de trigo: a Fibra de trigo auxilia no bom funcionamento do trânsito intestinal através da estimulação dos movimentos peristálticos, com isso, promove a eliminação de toxinas.

Aveia: muito rica em fibras solúveis que auxiliam na absorção do colesterol, contribuindo para a melhora do perfil lipídico.

Gergelim: rico em óleos essenciais como o ômega-6 contribuindo para proteger o organismo contra doenças cardiovasculares, além de colaborar com a redução da absorção do colesterol, através dos fitoesteróis.

Gérmen de trigo: rico em vitamina E, importante antioxidante que protege o organismo contra os efeitos nocivos dos radicais livres e ácidos graxos essenciais.

Açúcar mascavo: esse tipo de açúcar possui uma grande quantidade de minerais como ferro, magnésio, cálcio e fósforo e de vitaminas, como as do complexo B.

Inúmeras pessoas, entretanto procuram a ração humana com o objetivo de perder peso facilmente e em pouco tempo, através da substituição de uma ou mais refeições. A ração humana possui ingredientes com propriedades que auxiliam no processo de emagrecimento, porém a mesma, isoladamente, não é a responsável pela redução de peso. Além disso, é contra-indicada a substituição de uma refeição por esse tipo de alimento, por conta da ausência de determinados elementos que são importantes para a alimentação, mesmo que ela seja para emagrecer.

Para uma perda de peso de maneira saudável e de forma duradoura, evitando o efeito sanfona, é necessário que haja uma alimentação balanceada, com equilíbrio de nutrientes tanto em quantidade quanto em qualidade e da prática de exercício físico, adequando-os ao seu estilo de vida. Para tanto, é importante o acompanhamento de profissionais, como o nutricionista e o educador físico. Existem diversos outros suplementos que podem ajudar no emagrecimento, usando ou não a ração humana, mas o uso isolado dela não trará o melhor resultado.

Além disso, deve-se atentar quanto a alguns efeitos adversos a depender do indivíduo que está utilizando, como por exemplo, indivíduos diabéticos devem evitar a ração que contenha açúcar mascavo.

Deve-se, também, levar em consideração que a ingestão em excesso desse produto pode causar efeitos indesejados como o de reduzir a absorção de outros nutrientes. Sempre preste atenção à sua alimentação, para que o uso do suplemento possa potencializar os seus objetivos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *