Ingestão de frutas perto do treino ajuda ou prejudica?

As frutas são alimentos saborosos, nutritivos e de fácil acesso. Elas são ricas em vitaminas e minerais que vão auxiliar o metabolismo corporal e atuar como substâncias antioxidantes, retardando o envelhecimento precoce e proporcionando uma maior disposição e bem-estar no seu dia-a-dia. No entanto, a ingestão de frutas e seus derivados não é ideal em qualquer momento do dia. O questionamento que deve ser feito é: será que a ingestão de frutas próximo ao exercício físico é benéfica?
O açúcar presente nas frutas é a frutose e este monossacarídeo não é desejável no momento “peri-treino”, ou seja, nos instantes que circundam o treinamento. Em nível de absorção, a frutose é mais lentamente absorvida que a glicose e a sacarose. Isso proporciona uma menor resposta insulínica diminuindo a captação de glicose pelo músculo. Após a absorção, o metabolismo da frutose é lento, pois ela necessita ser transformada em glicose no fígado, limitando ainda mais a rapidez da disponibilidade e sua posterior utilização como fonte de energia.
No pós-treino, por exemplo, dentre as muitas necessidades metabólicas do nosso organismo, é interessante a ingestão de um carboidrato que promova uma maior secreção de insulina e também que recomponha mais rapidamente o glicogênio hepático e muscular gasto durante o exercício físico. Sendo assim, a frutose não desempenha com eficiência tais funções como outras fontes de carboidratos como a dextrose.
Não se deve negligenciar o fato de que as frutas são fontes ricas em micronutrientes que favorecerão uma melhor transferência de energia e síntese dos tecidos, além de agirem como antioxidantes, fato este importante já que o exercício físico, principalmente os mais intensos promovem uma maior produção de ERO’S (Espécies Reativas de Oxigênio).
Portanto, todo atleta ou praticante de exercícios físicos deve ingerir ótimas quantidades de frutas diariamente para manutenção do bom desempenho. Entretanto deve-se atentar para o momento ótimo de ingestão destes alimentos.
frutaAs frutas são alimentos saborosos, nutritivos e de fácil acesso. Elas são ricas em vitaminas e minerais que vão auxiliar o metabolismo corporal e atuar como substâncias antioxidantes, retardando o envelhecimento precoce e proporcionando uma maior disposição e bem-estar no seu dia-a-dia. No entanto, a ingestão de frutas e seus derivados não é ideal em qualquer momento do dia. O questionamento que deve ser feito é: será que a ingestão de frutas próximo ao exercício físico é benéfica?
O açúcar presente nas frutas é a frutose e este monossacarídeo não é desejável no momento “peri-treino”, ou seja, nos instantes que circundam o treinamento. Em nível de absorção, a frutose é mais lentamente absorvida que a glicose e a sacarose. Isso proporciona uma menor resposta insulínica diminuindo a captação de glicose pelo músculo. Após a absorção, o metabolismo da frutose é lento, pois ela necessita ser transformada em glicose no fígado, limitando ainda mais a rapidez da disponibilidade e sua posterior utilização como fonte de energia.
No pós-treino, por exemplo, dentre as muitas necessidades metabólicas do nosso organismo, é interessante a ingestão de um carboidrato que promova uma maior secreção de insulina e também que recomponha mais rapidamente o glicogênio hepático e muscular gasto durante o exercício físico. Sendo assim, a frutose não desempenha com eficiência tais funções como outras fontes de carboidratos como a dextrose.
Não se deve negligenciar o fato de que as frutas são fontes ricas em micronutrientes que favorecerão uma melhor transferência de energia e síntese dos tecidos, além de agirem como antioxidantes, fato este importante já que o exercício físico, principalmente os mais intensos promovem uma maior produção de ERO’S (Espécies Reativas de Oxigênio).
Portanto, todo atleta ou praticante de exercícios físicos deve ingerir ótimas quantidades de frutas diariamente para manutenção do bom desempenho. Entretanto deve-se atentar para o momento ótimo de ingestão destes alimentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *