Aspectos Nutricionais e Suplementação para o Remo

O remo é um dos esportes mais antigos, no qual se exige além da técnica e sincronia de movimentos, força e preparo físico do remador. Diversos fatores individuais e ambientais podem influenciar os movimentos ou remadas e o bom desempenho do atleta de remo. Dente eles a quantidade de massa muscular, o tipo de fibra muscular presente, a capacidade metabólica e o clima do local de treino ou competição. A intensidade do exercício varia conforme o treinamento havendo fases de treino de alta intensidade e curta duração e outras de baixa intensidade e longa duração. Já durante a competição, as provas são de alta intensidade. Portanto, a alimentação e suplementação voltadas para este esporte – assim como para os outros – devem estar de acordo com todos estes fatores.

remoO primeiro ponto a se levar em consideração para o remo é o fornecimento de carboidratos para que haja o adequado armazenamento de glicogênio muscular e hepático e, consequentemente melhora do desempenho e da capacidade de treino. É do depósito muscular que se retira a fonte de energia para a contração muscular e do hepático para que se mantenha a glicemia durante o exercício e, desta forma evita-se a fadiga.

Estima-se que um treinamento de remo dure cerca de 190 minutos diários com gastos energéticos que podem variar de 1000 a 2000 kcal. Como os treinamentos têm uma duração prolongada, as reservas de glicogênio podem ser depletadas e, o atleta sentir-se fatigado sendo impossibilitado de continuar o exercício ou até mesmo parar. Na competição, é importante que o remador chegue com suas reservas adequadas, pois apesar da prova durar menos – cerca de 6 a 7 minutos – esta é muito intensa.

O recomendado é que por volta de 15 min antes e a cada 15-20 min durante o treino, o atleta consuma carboidratos de moderado índice glicêmico, como a maltodextrina ou outras opções como rapadura, mel e, logo após um carboidrato de rápida absorção, como a dextrose para repor os estoques de glicogênio.

Não se deve deixar de lado também a hidratação. Crucial para qualquer esporte, a hidratação influencia o desempenho. Esportes de longa duração apresentam maiores riscos de distúrbios hidroeletrolíticos devido a maior perda de líquidos corporais, os quais ainda são afetados pelas condições ambientais. Lembrando ainda que o remador treina e compete muitas das vezes debaixo de sol, assim, a hidratação neste esporte merece ainda mais atenção.

Nutriente também importante é a proteína. Como dito anteriormente, a massa muscular também influencia nos movimentos já que se utiliza os dois membros (superiores e inferiores) de forma sincronizada. Então, é interessante que ela seja mantida e, caso não haja a oferta adequada, as proteínas musculares vão ser utilizadas levando ao catabolismo, ou seja, à perda muscular. Isto ocorre porque durante o exercício apesar de não ser a principal fonte de energia, a proteína é utilizada como substrato energético caso não haja uma intervenção. De novo entra os carboidratos para impedir esta condição. Além disso, pode-se fazer uso do BCAA, muito utilizado em atividades duradouras e intensas para melhorar a recuperação muscular e evitar o catabolismo.

Outro suplemento que atualmente tem sido bastante consumido é a creatina. Considerada como o melhor suplemento ergogênico, a creatina para os atletas de remo pode ser uma opção para aumento de força.

Portanto, por ser um esporte com alta demanda fisiológica, a necessidade nutricional para os atletas de remo também é elevada exigindo que se tenha uma atenção especial a oferta de nutrientes e utilização de suplementos em momentos adequados ao treino propiciando assim um melhor desempenho.

 

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail       nutricao@sncsalvador.com.br      .

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *