Sem categoria

Nutrição para atletas em pré-competição

raedyO principal objetivo do atleta é vencer competições. O treinamento e toda rotina diária que, na maioria das vezes, são sacrificantes giram em torno do dia da competição. Todo um programa de evoluções técnicas e atléticas é colocado em prova no dia da disputa. Por isso, é de fundamental importância para o desempenho uma alimentação adequada pré-competição.

Neste momento, além de oferecer ao atleta alimentos que melhorem o desempenho, devemos principalmente ter cuidados para que não ocorram reações adversas ao alimento. Que tipos de reações seriam essas? Qualquer complicação que diminua o desempenho do atleta. Ou seja, o atleta deve evitar o consumo de alimentos que ele não tem o costume de comer e/ou que nunca comeu antes de um treinamento ou prova. A justificativa é que qualquer alimento que não foi “testado” antes pode ocasionar uma reação adversa (obstipação, dificuldade de digestão, reações alérgicas, diarreia, etc.) exatamente no momento mais importante de um período longo de treinamentos.

Além disso, no momento pré-competição há outra variável que exerce poder decisivo no comportamento do organismo: o psicológico. Existem inúmeras emoções envolvidas neste processo. O estresse geralmente é muito alto e se mistura com sintomas de ansiedade e nervosismo. Nessas condições, qualquer alimento inadequado, até mesmo os que foram “testados” no período de treinamento, pode gerar uma resposta indesejada.

Em termos nutricionais, a alimentação pré-competição depende do momento em que é administrada em relação ao início da prova. Refeições mais pesadas, como almoço ou jantar devem ser realizadas no mínimo 3 horas antes do evento, sendo o valor médio em torno de 4 horas. Refeições mais leves como lanches compostos de sanduíches e sucos podem ser feitas 1 hora antes. A suplementação, a depender de que suplemento seja, pode ser feita entre meia hora e 10 minutos antes da competição.

Para qualquer tipo de prova, o consumo de uma bebida carboidratada pode ser benéfico para manter a hidratação e retardar o aparecimento da fadiga muscular. Há outros suplementos que também ajudam no desempenho, como os otimizadores metabólicos e estimulantes como os termogênicos. Os aminoácidos de cadeia ramificada (BCAA) também podem ser bastante úteis, principalmente em provas que envolvam um desgaste muscular exacerbado ou provas de endurance, como maratonas.

Portanto, antes de uma competição não se esqueça de se alimentar de maneira adequada e no momento correto e nunca coma nada que não tenha “testado” previamente num treinamento. Preste atenção à hidratação prévia ao exercício para não começar a prova hipoidratado e faça uso de suplementos que melhorem seu desempenho.

 

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail       nutricao@sncsalvador.com.br      .

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.