Suplementação para maratona

MaratonaA maratona é um esporte que envolve uma corrida ao longo de pouco mais de 42 km (42.195m) e é uma das mais difíceis e emocionantes prova do atletismo olímpico.  Envolve um gasto energético de aproximadamente 2500 calorias, ou seja, o gasto energético diário total de uma pessoa normal.

Diante do alto grau de competitividade e do alto nível de energia envolvido, qualquer manobra legal que possa interferir positivamente no resultado é bem vinda. Este é o caso da suplementação nutricional. O uso de determinados tipos de suplemento pode aumentar o rendimento atlético e ser decisivo para o resultado final.

Como se trata de um esporte cujo gasto calórico é muito alto, existe a necessidade de repor essas perdas, principalmente das reservas de carboidrato que são desgastadas durante o exercício.  Para isso, os repositores energéticos são ótimas opções, pois fornecem os carboidratos na quantidade ideal para manutenção do esforço físico por mais tempo. Eles devem estar numa concentração de 6 a 8% para não interferir negativamente com a cinética (velocidade) de absorção. Podem ser consumidos antes da prova e, principalmente, durante.

Essas bebidas com carboidratos também são importantíssimas para a hidratação. Ao mesmo tempo em que se previne o desgaste físico, previne-se também a desidratação e a perda de eletrólitos (ambas aumentadas pela sudorese). As bebidas devem conter sais minerais, principalmente o sódio e devem ser oferecidas numa temperatura fria para estimular o consumo e ajudar no resfriamento corporal. Nas provas de maratonas há a presença de postos de assistência ao atleta que fornecem água à medida que os competidores passam. Nesse caso, seria ótima a suplementação com os repositores em gel, que são práticos e fáceis de levar consigo, já que a água é fornecida pela organização.

Outro suplemento que faz total diferença para os praticantes deste esporte é a Beta-Alanina. Esta substância junto com um aminoácido histidina formará a carnosina, que reduz a formação de ácido lático no músculo e potencializa a contração muscular. Promovendo assim a redução da fadiga e a melhoria da performance do atleta.

Após a maratona, nosso organismo está extremamente desgastado e precisa repor as energias o mais rápido possível, consequentemente refletindo numa melhora do sistema imune (que fica bastante prejudicado após uma maratona) e na recuperação muscular. Nesse momento, são mais recomendados suplementos à base de carboidrato e proteína na proporção de 4:1 (4 para 1), respectivamente.

Suplementos energéticos estimulantes como a cafeína também são usados para esses atletas, pois além de aumentar os níveis de energia e disposição, reduzem a percepção de fadiga muscular, protelando o aparecimento de dores.

Outro tipo de suplemento que pode ser usado, não no dia da prova, mas no dia-a-dia do atleta é o hipercalórico. Devido ao alto gasto energético de um indivíduo maratonista, pode ser difícil obter os níveis energéticos adequados através somente dos alimentos da dieta. Sendo assim, os hipercalóricos servem para aumentar a quantidade de calorias da alimentação com nutrientes de qualidade como proteínas do soro do leite e lipídeos essenciais ao metabolismo humano.

 

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail       nutricao@sncsalvador.com.br      .

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *