Sem categoria

Qual o custo que se paga por um corpo “PERFEITO”?

corpoPartindo deste questionamento, percebe-se que na sociedade atual o corpo tem sido cada vez mais considerado um objeto passível de modelagem. São diversas as formas que se têm para aperfeiçoar, reparar, diminuir ou aumentar proporções, modificando-se a estética natural.

Dentre as ferramentas para efetivar estas transformações, os anabolizantes podem ser considerados uma via de baixo custo e acessível para quem deseja obter um modelo de corpo ideal. Tem-se a idéia de que os anabolizantes são promotores de efeitos rápidos, e que podem favorecer a urgência de corpos ideais, moldados para os padrões da sociedade atual.

Os hormônios esteróides anabólicos androgênicos, popularizados como anabolizantes ou “bombas” compreendem esteróides derivados da metabolização do colesterol, dentre eles a testosterona. A testosterona é produzida nos testículos e no córtex adrenal, sendo responsável pelo desenvolvimento das características sexuais secundárias associadas à masculinidade durante a adolescência e a maioridade.

Na medicina, os anabolizantes são utilizados geralmente no tratamento de sarcopenias (perda degenerativa de massa e força nos músculos com o envelhecimento), hipogonadismo (deficiência do sistema reprodutor que resulta na diminuição da função das gônadas: ovários ou testículos) câncer de mama, osteoporose e deficiências androgênicas, déficits no crescimento corporal, dentre outras.

A utilização dos anabolizantes pode ser feita por meio da ingestão oral ou aplicação intramuscular. Os usuários costumam fazer o uso em ciclos, em que doses maiores são aplicadas progressivamente, com um intervalo de tempo que pode variar de 4 a 18 semanas.

A aparência de um corpo saudável com os anabolizantes é apenas superficial, uma vez que diversas pesquisas já destacaram os efeitos adversos causados pelo uso inadequado dos esteróides anabolizantes.  Entre os problemas de saúde, observa-se que:

No sistema cardiovascular pode ocorrer: Elevação da pressão arterial; Redução do HDL; Trombose; Arritmia.

No fígado, constatou-se: Hepatotoxidade; Câncer.

Entre os problemas dermatológicos: Acnes; Estrias.

Podem alterar o sistema reprodutor, causando:

Nos homens: Hipertrofia da próstata; Ginecomastia (crescimento das mamas); Impotência sexual.

Nas mulheres: Excesso de pêlos; Engrossamento da voz; Hipertrofia do clitóris; Irregularidades no ciclo menstrual.

Como efeitos psicológicos são relatados: Mudanças de humor; Comportamento agressivo; Depressão; Hostilidade; Surtos psicóticos; Podendo ocorrer, por vezes, um quadro semelhante à síndrome de abstinência.

No senso comum, principalmente entre os jovens, observa-se que os anabolizantes são comumente associados aos critérios de perfeição e boa performance física vigentes na sociedade atual, muitas vezes compensando sentimentos de baixa autoestima e outros transtornos emocionais.  Destaca-se que este conceito sobre os anabolizantes desvia o medicamento de sua função terapêutica, ligando-o à marginalização da substância e do indivíduo que dela faz uso.

Obter um corpo saudável com saúde é a melhor escolha para quem busca manter a forma. Cuidar da alimentação, fazer exercícios diariamente, manter bons hábitos de vida como não fumar, não consumir bebida alcoólica, ou se o fizer, consumi-la moderadamente e respeitar os horários do sono são formas simples de manter um corpo sadio e com energia suficiente para realizar as atividades.

É importante lembrar que o custo para se ter um corpo “ideal” por meio dos anabolizantes pode ser elevado, levando-se em conta os riscos advindos do seu uso. O padrão de beleza vigente na sociedade torna-se um importante incentivo ao uso dos anabolizantes principalmente entre os adolescentes no seu imediatismo de querer crescer (ganhar massa muscular) rapidamente.

 

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail  nutricao@sncsalvador.com.br

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.