Sem categoria

Nutrição para lutadores de MMA

mmaNo MMA (Mixed Martial Arts), como o nome já diz, existe uma mistura de artes marciais que são utilizadas como técnicas de combate pelos atletas. Dentre as principais modalidades de luta tem-se: o boxe, jiu-jitsu, wrestling estilo livre, wrestling estilo greco-romana, jeet kune do, judô, caratê, muay thai e tae kwon do.

Normalmente, de acordo com os treinadores e os próprios lutadores, os treinamentos envolvidos na rotina do lutador de MMA são treinamentos de força, treinamento funcional e condicionamento físico e os treinamentos referentes às artes marciais praticadas.

Devido a esta árdua rotina de treinamentos, para conseguir alcançar o melhor desempenho, os lutadores de MMA devem ter uma alimentação equilibrada e específica. Não se pode generalizar muito, como uma “receita de bolo”, mas existem alguns fatores que devem ser levados em consideração ao preparar uma rotina alimentar para um lutador deste nível.

Desta forma, a nutrição adequada para estes lutadores tem que ter como principais objetivos o fornecimento de energia necessária para a alta demanda, garantir ingestão adequada de todos os nutrientes, auxiliar no ganho eou manutenção de massa muscular, promover perda de percentual de gordura e controle do peso (se necessário – vai depender em qual estágio ele se encontre, pré ou pós competição), fornecer nutrientes que melhorem o sistema imunológico evitando quedas no desempenho e adequar as refeições à rotina do lutador considerando as longas horas de treinamentos e os diferentes tipos de treinamentos. Dessa forma, a nutrição adequada pode promover melhora no desempenho e manutenção da saúde do atleta.

Além de uma boa alimentação, existem alguns suplementos alimentares que podem otimizar o desempenho destes lutadores, melhorar a recuperação, prevenir lesões e estimular melhor funcionamento do sistema imunológico.

Dentre esses suplementos podemos citar a creatina que irá promover maior força e aumento no volume de treino, entretanto deve-se ficar atento ao período que será utilizada devido à retenção hídrica que esta provoca; a beta alanina para minimizar o acúmulo de substâncias que promovem a acidificação da célula muscular, o que levaria a fadiga com consequente redução do desempenho; a arginina por ser precursora do óxido nítrico, esta pode ser suplementada para o estímulo da produção desse potente vasodilatador o que fará com que chegue mais oxigênio e nutrientes às células musculares e também remoção de metabólitos; a glutamina utilizada para prevenir a imunossupressão, a qual deixaria o atleta mais susceptível a infecções, prejudicando seu rendimento; os Joints por serem utilizados para prevenir eou tratar lesões articulares, muito comuns em esportes de impacto; e a Whey Protein com dextrose pós-treino para a promoção da síntese proteica e recuperação do glicogênio muscular, gerando recuperação muscular mais eficientemente.

Enfim, além dessas opções, inúmeras estratégias podem ser utilizadas para melhorar o desempenho desses atletas e promover a manutenção da saúde. Para tanto, o ideal é buscar um nutricionista da área esportiva que possa dar uma orientação mais específica.

 

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail  nutricao@sncsalvador.com.br

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.