Sem categoria

Beta-alanina e hipertrofia

Beta_alaninaA maioria dos atletas, especialmente fisiculturistas, já ouviu falar sobre a beta-alanina. Mas são poucos os que sabem sobre seus efeitos no organismo.

A beta-alanina é um aminoácido (menor fração protéica) que tem sua produção limitada ao fígado. Juntamente com a histidina, esse aminoácido é responsável pela síntese muscular de carnosina.

A carnosina é um dipeptídeo (beta-alanina-L-histidina) sintetizado no músculo em uma reação catalisada pela enzima carnosina sintase. Encontrada em alguns tipos de carne, a carnosina pode ser obtida pela dieta, mas não é absorvida em sua forma íntegra para a corrente sanguínea, já que a enzima carnosinase, presente no aparelho digestório, rapidamente hidrolisa (quebra) o dipeptídeo. O músculo não produz nenhum dos precursores da carnosina, já que a histidina é um aminoácido essencial (obtido através da dieta) e a beta-alanina tem sua síntese endógena restrita aos hepatócitos (células do fígado). Dessa forma, a síntese de carnosina é dependente da captação desses aminoácidos pelas células musculares. Como a histidina é obtida através da dieta, torna-se preciso a suplementação de beta-alanina.

A carnosina desempenha inúmeras funções no organismo, especialmente a de atuar como um tampão nos músculos para retardar a fadiga muscular –  fadiga esta que é uma percepção aumentada do esforço, o que acaba diminuindo o rendimento durante um treino. Em poucas palavras, a carnosina aumenta a resistência anaeróbica (sem oxigênio) e aeróbica (com oxigênio) nos músculos e faz o atleta treinar mais pesado, por mais tempo.

Por essas razões, a carnosina é de extrema importância para o melhor rendimento durante um treinamento físico intenso, podendo gerar auxiliar na hipertrofia muscular. Além disso, existem estudos que trazem o uso da suplementação de beta-alanina associado à creatina promovendo uma melhora ainda maior do desempenho físico.

Além disso, a carnosina relaciona-se à contração muscular, atua como um antioxidante, seus efeitos têm sido relacionados ainda ao controle da pressão arterial, controle da glicose no sangue (importante na prevenção e tratamento da diabetes) e pode auxiliar na quebra da gordura corporal.

Existem muitos estudos que relacionam a suplementação de beta-alanina com os seus benefícios para o organismo, mas boa parte deles foram feitos em animais. Sendo assim, para que haja uma maior propriedade no seu uso, é necessário que mais pesquisas em humanos sejam realizadas.

 

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail      nutricao@sncsalvador.com.br     .

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.