Sem categoria

BCAA vs HICA

bcaa_hicaA leucina, isoleucina e valina são aminoácidos essenciais que compõem o grupo dos BCAAs ou aminoácidos de cadeia ramificada. Esses aminoácidos participam do balanço protéico e fornecem nitrogênio para formação de outros componentes como a alanina e glutamina, são utilizados em processos patológicos por favorecerem a cicatrização, previnem a perda de massa muscular que é comum em algumas enfermidades e são utilizados também em casos que existem o comprometimento hepático e renal por não serem metabolizados primariamente no fígado.

Os BCAAs são largamente utilizados no meio esportivo com o intuito de promover anabolismo proteico muscular, atuar prevenindo a fadiga central, favorecer a secreção de insulina que é um hormônio anabólico, melhorar a imunocompetência que pode diminuir em virtude de exercícios extenuantes como os de endurance, diminuir o grau de lesão muscular induzido pelo exercício físico ajudando na reparação dessas lesões, o que favorece a hipertrofia, e assim servindo como uma ferramenta de auxilio para aumentar o desempenho.

A leucina influencia diretamente a síntese de proteínas. Sua atuação na iniciação da tradução do RNA-mensageiro em proteína é fundamental, pois a presença desse aminoácido dentro da célula ativa uma proteína quinase chamada mTOR (mammalian Target of Rapamycin), que possui o controle sobre as proteínas ligadas aos ribossomo (estrutura celular responsável pela síntese protéica). Em virtude desse mecanismo alguns autores tratam a Leucina como a chave da síntese de proteínas celulares.

O metabolismo da leucina forma alguns metabólitos que também possuem atuação no favorecimento da síntese muscular, como o KIC (α-cetoisocaproato), que tem efeito anti-catabólico; o HMB (Beta-hidroxi-Beta-metilbutirato) utilizado com o objetivo de aumento de desenpenho e massa muscular e em situações patológicas de caquexia, e o HICA (alfa hidroxi-isocaproico) também com ação anti-catabólica e retardo no aparecimento de dor e desconforto induzida pela pratica de exercícios.

Em um estudo recente feito com atletas de futebol suplementados com HICA viu-se que essa substância tem ação anti-catabólica, que houve redução da sensação de dor tardia pós-exercício (DOMS) e indução do ganho de massa muscular nos atletas, já nos atletas que seguiram a mesma rotina de treinamentos sem a suplementação houve casos de perda significativa de massa magra. Já existem no mercado produtos que contem o HICA em tabletes com indicação de cerca de 1500 mg dia para que se obtenha os resultados ergogênicos esperados.

A suplementação seja dos BCAAS, seja de seus derivados deve ser feita sempre com responsabilidade para que traga os reais resultados que são capazes. Para tanto é importante que sempre procuremos um profissional Nutricionista.

 

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail      nutricao@sncsalvador.com.br     .

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.