O efeito diurético da cafeína pode afetar o desempenho?

cafeinaA cafeína é uma das substancias mais consumidas em todo o mundo. Presente em diversas espécies de plantas é encontrada em chás, café, cacau, guaraná, chocolate e nos refrigerantes.  Seu consumo, visando efeitos estimulantes, data de muitos séculos, no entanto, sua utilização por atletas, com a intenção de melhorar o desempenho, tem se tornado popular nas últimas décadas, devido aos estudos sobre seus efeitos ergogênicos.

A cafeína afeta quase todos os sistemas do organismo, sendo que seus efeitos mais óbvios ocorrem no sistema nervoso central. Quando consumida em baixas dosagens (2mg/kg), a cafeína provoca aumento do estado de vigília, diminuição da sonolência, alívio da fadiga, aumento da respiração, aumento na liberação de catecolaminas, aumento da frequência cardíaca, aumento no metabolismo e diurese. Em altas dosagens (15mg/kg) causa nervosismo, insônia, tremores e desidratação.

Diversos estudos tem demonstrado que a cafeína provoca um aumento no volume de urina em condições de repouso, fato que provoca uma maior perda de água. Tendo em vista que a cafeína produz efeitos diuréticos, seria comum pensar que a ingestão da mesma, antes do exercício, poderia levar à desidratação, comprometendo assim o desempenho.

Embora tenha sido demonstrado que a cafeína é um diurético em condições de repouso, não foi observado diurese durante o exercício induzida pela ingestão de cafeína. É possível que durante o exercício o efeito diurético da cafeína seja neutralizado pela ação de catecolaminas, que induzem constrição das arteríolas renais e reduz a taxa de  filtração glomerular. Além disso, as catecolaminas pode aumentar a reabsorção Na e Cl nos túbulos proximal e distal, influenciando a aldosterona e/ou o hormônio antidiurético, o que resulta na conservação de água.

A ingestão de cafeína durante o exercício parece não ter efeito sobre a perda de suor, temperatura corporal, e o volume de plasma. Por esta razão, a sugestão de que a ingestão  cafeína pode resultar em uma condição de hipohidratação e assim, afetar negativamente o desempenho é infundada.

 

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail      nutricao@sncsalvador.com.br     .

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 pensamentos em “O efeito diurético da cafeína pode afetar o desempenho?”