Sem categoria

Qual a influência do Bicarbonato de Sódio (NaHCO3) sobre o desempenho físico?

bicarbonatoDurante exercícios de alta intensidade, os músculos utilizam glicose para produção de energia, através da glicólise, onde há como limitação desse processo, a formação de ácido lático. A acumulação de ácido no interior das células musculares é um dos fatores responsáveis pela fadiga (percepção aumentada do esforço). Um aumento da acidez inibe a transferência de energia, levando a uma diminuição na capacidade de exercício, ou seja, há uma queda do desempenho físico. Sendo assim, um menor acúmulo de ácido lático, reduz a fadiga e permite ao atleta ir mais rápido ou mais longe.

As defesas do organismo contra um aumento da acidez são os tampões, que ajudam a neutralizar o ácido produzido pelo intenso exercício. A fonte de bicarbonato de sódio (NaHCO3), parte do sistema de tamponamento do corpo, compõe a primeira linha de defesa contra esse aumento da acidez.

Acontece que o NaHCO3 é um tampão extracelular e a produção de lactato (que levará à fadiga muscular) dá-se no meio intracelular (no interior da célula muscular). Sendo assim, como o NaHCO3 contribui para redução da acidez do meio intracelular?

Isso é simples: O pH extracelular aumenta com o NaHCO3. Este último provoca um aumento do efluxo de H+ dos músculos ativos, onde há um aumento da atividade do co-transportador de H+ para o meio extracelular. Com menos H+ dentro da célula, o pH intracelular aumenta e neste sentido, a ingestão de NaHCO3 resulta na melhoria da performance desportiva pelo aumento da capacidade de tamponamento do meio extracelular.

Os estudos trazem que os praticantes de exercícios anaeróbios prolongados, como provas entre 1-7 minutos (corrida, natação, sprint cycling…) seriam os maiores beneficiados do uso de NaHCO3. Porém, os estudos ainda são contraditórios em relação ao possível efeito ergogênico que esse composto provoca. Além disso, não se sabe ao certo quanto usar, quando usar, como usar e por quanto tempo usar o NaHCO3. Informações essas que são fundamentais, pois o uso de NaHCO3 pode provocar alguns efeitos colaterais como vômitos, dores abdominais e diarreia, o que se torna um grande problema na administração desse potencial ergogênico em atletas.

 

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail      nutricao@sncsalvador.com.br     .

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção

Portanto, a suplementação com bicarbonato de sódio para melhora do desempenho físico ainda precisa ser bastante estudada e sua utilização deve ser sempre testada antes das competições, devido a variabilidade individual da resposta ao seu efeito na performance e mesmo aos efeitos secundários que dela podem resultar, nomeadamente, distúrbios gastrointestinais. Embora esteja descrito que apenas 10% dos atletas não tolere esta substância.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.