Dietas hipolipídicas diminuem percentual de gordura?

body fatMuitas pessoas buscam redução do percentual de gordura, seja por uma questão de saúde, de estética, ou até mesmo para aumentar a performance durante o exercício. Para alcançar o nível de tecido adiposo desejado, lançam mão de dietas variadas e os primeiros alimentos a serem restringidos são aqueles considerados fontes de gordura.

Para escolher a melhor forma de reduzir a gordura corporal, é necessário compreender quais os mecanismos de acúmulo de gordura. O corpo humano acumula gordura, principalmente, de duas maneiras: 1 – quando há um consumo excessivo de lipídios, entendendo-se excessivo, como um consumo além do gasto energético diário; 2 – quando o corpo passa a sintetizar gordura (síntese de lipídeos endógena), a partir de outras moléculas como as proteínas e principalmente os carboidratos.

A síntese de lipídeos endógena é também conhecida como a síntese “de novos lipídios” é responsável pelo acúmulo de gordura corporal, além de ser um importante contribuinte para o desenvolvimento da obesidade. Em contrapartida, o controle desse mecanismo pode ser protetor para esse acúmulo.

Depois de formada, a gordura é transportada pela corrente sanguínea onde pode atingir o músculo esquelético, podendo ser oxidada ou armazenada.  Na maioria das vezes, a gordura vai alcançar o tecido adiposo onde será armazenada nos adipócitos na forma de triglicerídeos. O tecido adiposo branco é onde há um maior acúmulo de gordura.

Lipogênese é um mecanismo complexo que envolve inúmeras enzimas celulares. Esses lipídeos podem ser sintetizados no corpo a partir de ácidos graxos saturados, mono-insaturados e até mesmo carboidratos. É isso mesmo, o consumo de alimentos ricos em carboidratos, principalmente, o grupo de carboidratos com alto índice glicêmico, estimulam a lipogênese. É fato que para reduzir a gordura corporal necessita-se restringir a gordura dietética, visto que além de fornecerem alto valor energético (1 grama de gordura fornece 9kcal) vão estimular a síntese de mais lipídeos. No entanto outra conduta muito importante é a redução do consumo de carboidratos.

É importante ressaltar que não são todos os lipídios que vão estimular essa “síntese de novo”. Alguns estudos mostram que o consumo de ácidos graxos poliinsaturados, principalmente, o ácido linolênico (ômega 3) pode diminuir essa produção endógena através da diminuição da ação de enzimas responsáveis por essa síntese, como por exemplo a enzima estearoil CoA dessaturase, conhecida como “SCD”.

Portanto, dietas hipolipídicas podem reduzir o percentual de gordura, mas é importante ficar atento à qualidade dos lipídeos da dieta, assim como à ingestão de carboidratos. Para melhores resultados consulte um nutricionista e tenha um acompanhamento individualizado.

 

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail      nutricao@sncsalvador.com.br     .

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *