Sem categoria

Whey com água?

wheyA whey protein é a proteína extraída da porção aquosa do leite, gerada durante o processo de fabricação do queijo. Durante décadas, essa parte do leite era dispensada pela indústria de alimentos. Somente a partir da década de 70, os cientistas passaram a estudar as propriedades dessas proteínas.

As proteínas do soro, além de seu alto valor biológico, possuem peptídeos bioativos, que atuam como agentes antimicrobianos, antihipertensivos, reguladores da função imune, assim como fatores de crescimento. São altamente digeríveis e rapidamente absorvidas pelo organismo, estimulando a síntese de proteínas sanguíneas e teciduais a tal ponto que alguns pesquisadores classificaram essas proteínas como proteínas de metabolização rápida, muito adequadas para situações de estresses metabólicos em que necessita a reposição emergencial de proteínas no organismo. A suplementação de whey protein também é capaz de melhorar as reservas hepáticas e cardíacas de glutationa um poderoso antioxidante. Como é a melhor fonte alimentar para os precursores da glutationa, a whey protein deve ser considerada na dieta diária de seres humanos.

Muitos estudos indicam que a ingesta de proteínas traz vantagens para a força e desenvolvimento muscular. O tipo de proteína consumida pode influenciar os resultados de um treino de força, devido à variação da velocidade na absorção, no perfil de aminoácidos e na resposta hormonal sendo a whey uma ótima fonte para gerar as melhores respostas nos aspectos citados.

Após o um intenso desgaste físico ocorre o desenvolvimento do pico de absorção, e neste instante é necessário um aporte nutricional para efetivar a recuperação do tecido muscular, atribuímos a esse processo o nome de “janela metabólica”. A whey protein por ser uma proteína de rápida a absorção consegue aproveitar essa “janela” com uma maior eficiência promovendo maiores proporções de síntese proteica após o treino quando comparada com outras fontes proteicas.

Teoricamente a utilização de outras fontes alimentares junto à whey após o treino poderia retardar a absorção da mesma atenuando a sua resposta a síntese de proteínas. Os estudos mostram diversos protocolos de suplementação da whey (com água, leite, suco e refeição) após o treinamento de força e a maioria deles mostram resultados benéficos em relação ao aumento de massa muscular.

Supostamente (visto que não foram encontrados artigos que relacionavam o uso da whey protein com água e uma fonte alimentar) o uso da proteína do soro do leite após o treinamento de força deve ser recomendado com água, pois a mesma não representaria risco em atrapalhar a absorção e diminuir o seu estímulo à síntese proteica após o treino. Em outro momento que não o pós-treino o uso da whey pode ser feito com outra fonte alimentar desde que o objetivo da suplementação não seja sua rápida absorção.

 

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail      nutricao@sncsalvador.com.br     .

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.