Sem categoria

Leucina acelera a metabolização do etanol no sangue

leucinaO consumo crônico de álcool promove diversos distúrbios hepáticos como esteatose e cirrose. O álcool ingerido é um potente inibidor da regeneração hepática e a expressão dos fatores de crescimento (IGF-1). A ingestão aguda induz um aumento do stress oxidativo, prejudica o metabolismo proteico e afeta o metabolismo energético e hormonal. Portanto a aceleração da oxidação do álcool é muito importante para prevenir doenças hepáticas e o comprometimento do anabolismo induzidas pela ingestão de álcool.

Um estudo publicado em 2012 avaliou se a suplementação de aminoácidos (isoleucina, leucina, valina e alanina) é capaz de acelerar a eliminação de álcool em ratos e nos hepatócitos isolado dos ratos.

Os autores avaliaram a administração oral, a infusão sanguínea dos aminoácidos e a administração de leucina e KIC (ácido alfa-cetoisocaproato metabólito da leucina) sobre células isoladas do fígado de ratos.

A leucina (oral e infusão sanguínea) diminuiu significativamente a concentração de etanol no sangue após 1 hora da ingestão em comparação com o os outros grupos. Além disso, a leucina estimulou significativamente a atividade das enzimas responsáveis pela metabolização hepática do álcool. No entanto, a leucina e o KIC (metabólito da leucina) não foram capazes de aumentar a oxidação de etanol nas células isoladas do fígado de ratos. Estes resultados indicam que a leucina acelera a oxidação do etanol indiretamente, aumentando atividade das enzimas responsáveis pela depuração de etanol no fígado.

Os autores relatam que os mecanismos pelos quais as administrações de leucina (oral ou infusão sanguínea) aumentam a atividades dessas enzimas não estão claros. Uma das explicações estaria associada à capacidade da leucina em estimular a insulina que aumenta a ação das enzimas relacionadas com a oxidação do álcool. Porém, os autores deixam bem claros em suas discussões que estudos adicionais são necessários para investigar os mecanismos de aceleração da depuração do etanol pela leucina.

 

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail      nutricao@sncsalvador.com.br     .

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.