ANSIEDADE: como nutrição pode intervir?

 

Ansiedade1A ansiedade é um sentimento muito comum, surgindo a partir de algumas experiências emocionais que são normais do cotidiano. A ansiedade não patológica tem origem em algumas situações que proporcionam o seu desenvolvimento. No entanto, ela passa a ser patológica quando é desproporcional à situação que a desencadeia, ou quando não existem motivos para que ela aconteça.

É comum a associação de ansiedade ao aumento do desejo de comer, o que consequentemente pode levar ao aumento do peso corporal. Teoricamente, ansiedade e ganho de peso seriam dois conceitos sem muita relação direta, no entanto, tem se observado relatos de pessoas justificando o aumento do consumo alimentar por conta da ansiedade. Em virtude disso tem sido feito o uso de algumas substâncias ansiolíticas em produtos que visam à perda de peso, como por exemplo, nos termogênicos.

No estudo de Kalman e colaboradores em 2008 foi verificado o efeito ansiolítico de algumas ervas como a Magnolia officinalis e a Phellodendron amurense. Essas ervas são bastante utilizadas na terapia medicinal chinesa para o tratamento da depressão.

O Extrato da casca de Magnolia officinalis tem um componente ativo (honokiol) que tem propriedades comparadas as do Diazepam (uma droga ansiolítica), no entanto, seu uso seria interessante por não causar os efeitos colaterais comuns ao uso dessa droga (disfunção motora, sedação ou amnésia). 

O estudo de Kalman (2008) foi feito com um grupo de mulheres saudáveis, com sobrepeso, idade entre 20 e 50 anos, que normalmente comem mais em resposta a situações estressantes e com pontuações acima da média nacional para mulheres sobre o auto-relato de ansiedade. Após a administração do suplemento com a mistura das duas ervas foi verificada uma redução estaticamente significante da ansiedade (avaliada pelo teste de Spielberger – questionário).A Magnolia officinalis e a Phellodendron amurense estão presentes em alguns suplementos a exemplo do Lipo Cut X Hardcore (termogênico produzido pela Arnold Nutrition).

Portanto, a nutrição pode sim ajudar a diminuir o sentimento de ansiedade, para melhores resultados, procure um nutricionista e faça uma avaliação detalhada e individualizada.

 

Luana Luana Vilas Bôas faz parte da equipe de Nutrição da SNC de Salvador. Ela é graduanda em Nutrição pela UFBA.

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail   nutricao@sncsalvador.com.br

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *