Sem categoria

Uso de creatina por diabéticos: há contra-indicação?

CreatinaA diabetes mellitus, ou diabetes tipo II, é uma alteração fisiológica intimamente relacionada a inadequados hábitos alimentares. Caracterizada por níveis elevados de glicemia, o que se deve a um mal funcionamento do hormônio insulina apesar de sua produção ocorrer em quantidades normais. Em condições normais, a insulina promove uma série de reações químicas que visam aumentar a produção de GLUT4 – um tipo de proteína transportadora – responsável pelo transporte da glicose do sangue para as células.

Os tratamentos mais convencionais para diabetes tipo II ainda se baseiam em reeducação alimentar, prática de atividades físicas e, quando necessário, uso de medicações hipoglicemiantes. Entretanto, alguns suplementos, a exemplo da creatina, vêm sendo associados como um grande auxiliar no tratamento de diabetes. Muitos são os achados científicos que popularizam a creatina como importante suplemento no mundo esportivo, principalmente pela sua capacidade em melhorar resultados de atividades que exijam explosão e constante força muscular. Entretanto, pesquisadores já chegaram à conclusão de que este pode ser um suplemento auxiliar, não apenas para o desempenho esportivo, mas também no tratamento de diabetes tipo II, já que permitiria, segundo os resultados, uma melhoria da captação celular de glicose.

Freire e colaboradores (2008) apontam para um considerável aumento da absorção de carboidratos após suplementação de creatina. Segundo tais autores, a creatina poderia ser responsável por uma maior liberação de insulina pelo pâncreas. Entretanto, este mecanismo ainda não apresenta um embasamento fisiológico concreto. Os principais efeitos da creatina sobre o metabolismo dos carboidratos se refere a um aumento das proteínas transportadoras GLUT4 nas células, o que aumentaria a captação de glicose. Foi esse o principal efeito observado por Gualano e colaboradores (2010), quando submeteram pacientes diabéticos à suplementação de 5 gramas diárias de creatina por 12 semanas em associação com protocolo de atividades físicas. O mesmo grupo de pesquisadores não identificou qualquer efeito deletério na função renal de pacientes diabéticos, também suplementados com creatina, demonstrando uma segurança de tal suplementação neste grupo de indivíduos.

Vale ressaltar que todos os efeitos benéficos da creatina são evidentes quando associados a programas de treinamento físico. Para maior segurança, seu uso como possível auxiliar no tratamento de diabetes deve ser orientado por um profissional nutricionista, já que o uso indiscriminado ainda é um potencial risco.

 

Sidney Sidney Rangel faz parte da equipe de Nutrição da SNC de Salvador. Ele é graduando em Nutrição pela UNEB.

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail     nutricao@sncsalvador.com.br

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção

 

37 comentário

VANDERLEI SOARES 11 de novembro de 2016 at 21:55

Sou diabético tipo mellitus desde os 6 anos, tenho 44 anos atualmente.
Prático o ciclismo, tomei Creatina hoje, essa foi a 2° vez que tomo, *estou hipoglicemico*.
Gostaria de discutir sobre a utilização da Creatina por diabéticos.
Acredito seriamente que ela possa ser utilizada para controle e talvez até a cura do diabetes.
Segue meu contato telefônico a baixo.
Vanderlei
11 954 696 672

Responder
VITORIA MELO 30 de novembro de 2016 at 09:50

Olá Vanderlei, obrigada pelo contato. Sim, a creatina pode ser utilizada para tratamento do diabetes. Já existem alguns estudos demonstrando esse efeito de regulação da glicemia com a utilização deste suplemento, essa semana publicamos um novo texto sobre esse tema. Estou encaminhando um artigo sobre isso para o seu email. Estamos disponíveis para maiores esclarecimentos.

Responder
Anderson batista 2 de abril de 2017 at 04:56

Gostei do artigo, poderia enviar me o novo artigo para o meu email?

Responder
Anderson batista 2 de abril de 2017 at 04:58

Gostaria de receber o novo estudo de que fala sobre a creatina em diabéticos, o meu Gmail é: andersonbatista1111@gmail.com

Responder
VITORIA MELO 5 de abril de 2017 at 11:51

Olá Andersson, lhe encaminhei o material solicitado. Obrigada pelo contato.

Responder
Rodrigo Albrecht 28 de agosto de 2017 at 19:19

Gostei muito da matéria!
Poderia me enviar o artigo por e-mail?
Pois também sou diabético desde 1 ano de idade, atualmente estou com 36 anos e faço uso da creatina.
Boa noite e muito obrigado.

Lara Cerqueira 26 de dezembro de 2017 at 12:59

Olá, Rodrigo.
A suplementação de creatina é mais direcionada para diabéticos tipo II. Enviamos para seu e-mail o material solicitado.
Excelente leitura!

Gidione 16 de junho de 2017 at 08:11

Bom dia gostaria de receber esta matéria , sou diabético.

Responder
Jannine Dantas 1 de julho de 2017 at 10:06

Olá, Gidione!

Enviamos-lhe um e-mail com o material científico sobre o tema. Estou a disposição para maiores esclarecimentos.

Responder
Magno Gomes 12 de setembro de 2017 at 10:38

Bom dia Vitoria,
Gostaria muito de ler este artigo.
tem como envia mara meu e-mail?
magnogomes98@hotmail.com

Responder
Lara Cerqueira 27 de dezembro de 2017 at 09:05

Olá, Magno.
Enviamos para seu e-mail o material solicitado.
Estamos a disposição!

Responder
isabel 4 de fevereiro de 2018 at 00:46

Também gostaria de receber

Responder
Lara Cerqueira 7 de fevereiro de 2018 at 10:48

Olá, Isabel.
Enviamos para seu e-mail o material solicitado.

Estamos a disposição para maiores esclarecimentos.

Responder
sidney menezes 16 de dezembro de 2016 at 16:02

faço musculação , caminhada e bicicleta. posso tomar creatina. sou diabético tipo 2. e tomo metformina 850mg. obrigado.

Responder
VITORIA MELO 17 de dezembro de 2016 at 10:23

Olá Sidney, obrigada pelo contato. Sim, pode utilizar a creatina, esse suplemento tem inclusive efeitos na melhora da glicemia. Confira o nosso texto novo sobre creatina e diabetes: http://sncsalvador.com.br/creatina-e-diabetes/

Responder
marcio 8 de janeiro de 2017 at 18:43

Legal gostei dessas informação pois sou diabete tipo 2 Fasso exercícios ti
Todos os dias posso consumir a creatina com moderação obrigado

Responder
VITORIA MELO 6 de fevereiro de 2017 at 09:23

Olá Márcio, obrigada pelo contanto. Sim, é interessante que você faça o uso da creatina pois ela é benéfica para o tratamento da diabetes. 5g (1 colher de chá) ao dia.

Responder
?????? 31 de janeiro de 2017 at 23:55

Tenho diabetes tipo 2 a 5 anos e nunca me preocupei com isso porq a diabetes estava me secando e eu gostava muito porq comia muito e perdia peso ! Hj estou muito triste e sem saber oq fazer porq tenho 34 anos e estou sofrendo de impotência pois a um ano fui no medico e ele me passou tadalafim e msm um ano tomando isso não resolveu neu problema 100 % mas por incrível q pareça faz duas semanas q resolvi mudar de vida eatou caminhando e fazendo dieta dia de semana e cortei refri também ainda fumo duas carteira de cigarrro por dia porq sou ansioso d mais e não consigo parar eu não sei se meu problema é porq meu colesterol bom está baixo e o ruim alto e mais a diabetes e mais a vida q eu levava pois 2 litros de coca por dia só andava de carro muito lanche só porcaria ou se já deu problema pro resto de minha vida minha esperança é que eu fazendo exercício r voltando a uma vida saudável eu vou voltar ao normal mas vou comprar essa criatina sim qual melhor hora de tomar ela ?

Responder
VITORIA MELO 3 de fevereiro de 2017 at 08:48

Olá, obrigada pelo contato. Maus hábitos de vida, como sedentarismo, alimentação inadequada e fumo realmente podem levar a impotência e a outras doenças, como doenças cardiovasculares. Diante do quadro que você está descrevendo sugiro que procure um nutricionista para adequar sua alimentação exatamente de acordo com suas necessidades e também um apoio psicológico para tratar a ansiedade e a dependência do cigarro, pois isso associado a suplementação vai melhorar a sua qualidade de vida. A creatina é interessante associada ao exercício para o tratamento da diabetes e a recomendação são 5 g (1 colher de chá) diárias em qualquer momento do dia, mas de preferência próxima a uma refeição que contenha carboidrato, pode ser misturada em um suco por exemplo. Estamos a disposição para maiores esclarecimentos.

Responder
Marcus Vinicius Vale de Souza 14 de abril de 2017 at 20:55

Gostaria de saber se o diabético tipo 1 pode tomar creatina?

Responder
Jannine Dantas 19 de maio de 2017 at 09:40

Olá, Marcus!

A creatina é utilizada em algumas estratégias nutricionais para controle glicêmico de diabéticos, no entanto o mais indicado é procurar um profissional de saúde especializado que possa orientar sobre o uso deste produto ou de outras estratégias de acordo com o estado, os objetivos e as necessidades de cada paciente.
Estamos a disposição para maiores esclarecimentos.

Responder
Vinicius 24 de abril de 2017 at 17:19

Boa tarde, tenho 32 anos e sou diabético tipo 1 desde os 4 anos, pratico artes marciais a 19 anos, gostaria de saber se posso fazer o uso da creatina? caso sim, quais são os cuidados que devo tomar?

Responder
Jannine Dantas 19 de maio de 2017 at 10:03

Olá, Vinicius!

A creatina pode ser utilizada por diabéticos, desde que seja realizado um acompanhamento com o profissional de saúde especializado para que este te oriente sobre a utilização deste produto ou de outras estratégias que te auxilie a alcançar seus objetivos.
Estamos a disposição para maiores esclarecimentos.

Responder
Mariéli 10 de julho de 2017 at 18:11

Boa tarde, fiz uns exames (curva de insulina) e descobri que ela está alterada. Minha glicemia está normal, sou magra e pratico exercícios. Com a insulina alta eu posso fazer o uso da creatina normalmente ou há contra indicações neste caso. Agradeço.

Responder
Lara Cerqueira 4 de dezembro de 2017 at 13:44

Olá, Mariéli.
Não há problema quanto ao uso de creatina nesta condição. Mas é importante que busque auxílio médico e nutricional para entender o porquê dessa alteração na insulina.
Estamos a disposição!

Responder
Marco Aurélio Cardoso Negrão 29 de agosto de 2017 at 22:20

Boa noite Vitória, tudo bem…
Gostei muito desse artigo também . Gostaria de receber mais informações sobre o assunto pois também sou diabético tipo 2, há mais de 4 anos e faço uso de metformina 850mg duas vezes ao dia. Nesse período emagreci 25 kg por conta da dieta. Estou em vias de começar atividade física sob orientação médica, pois além de perder peso e gordura, também perdi massa muscular. Aos 44 anos fica um pouco difícil e mais lenta essa recuperação muscular. Agradeço a oportunidade e gostaria de parabenizar você e sua equipe por essa excelente matéria.

Responder
Jannine Dantas 6 de setembro de 2017 at 15:27

Olá, Marco!

A equipe de Nutrição da SNC Salvador agradece muito pelo feedback e reconhecimento. Estamos a disposição para maiores esclarecimentos.

Responder
Guilherme Silva Da Silva 30 de agosto de 2017 at 18:29

Olá, gostaria de ler sua pesquisa pois sou diabetico tipo 1, e tenho interesse em realizar uma pesquisa sobre as ação da suplementação da creatina no meu tipo de diabetes, desde já agradeço.
email pra contato: gui.silva8@hotmail.com

Responder
Lara Cerqueira 29 de dezembro de 2017 at 11:58

Olá, Guilherme.
A suplementação de creatina é mais estudada para Diabetes tipo II. De qualquer forma, enviamos para seu e-mail o material que dispomos.
Ótima leitura!

Responder
Kaio Pimentel 28 de setembro de 2017 at 12:15

Gostaria de receber os artigos referente a essa matéria. Desde já, agradeço.

Responder
Lara Cerqueira 27 de dezembro de 2017 at 09:06

Olá, Kaio.
Enviamos para seu e-mail o material solicitado.
Estamos a disposição!

Responder
Marcus 17 de novembro de 2017 at 09:34

Bom dia! Tomo glifage 850 almoço e jantar. Amaryl 1 mg de manhã. Iniciei Creon 10000 só no almoço.
Estou com níveis de glicemia em jejum 120. Estou ganhando peso. Tenho 1,84 pesava 80 e agora estou com 82. Me sinto ótimo, quero chegar a 86.

Responder
Lara Cerqueira 4 de dezembro de 2017 at 10:59

Olá, Marcus! Ficamos felizes em saber que tem atingido mais qualidade de vida. Além do acompanhamento médico, seria interessante o acompanhamento nutricional para ter ainda mais sucesso no objetivo. A alimentação é um parâmetro essencial para controle glicêmico.

Responder
isabel 4 de fevereiro de 2018 at 00:32

Olá gostaria de receber o artigo que fala sobre o uso de creatina para pessoas com diabetes tipo 1

Responder
Lara Cerqueira 7 de fevereiro de 2018 at 10:49

Os estudos com creatina são voltados para Diabetes Tipo II. Ainda não temos achados literários para Diabetes tipo I.

Responder
Alberto 13 de fevereiro de 2018 at 10:04

Olá bom dia li o artigo publicado sobre a creatina e gostei muito, porque adquirir a diabete o ano passado desde então estou tomando glibenclamida de manhã em jejum e glifage 500 depois do almoço e jantar tenho 53 anos de idade e estou fazendo atividades físicas na academia, e gostaria de receber o artigo que sobre o uso da creatina para pessoas com diabetes.

Responder
Lara Cerqueira 16 de fevereiro de 2018 at 11:51

Olá, Alberto! Ficamos felizes que tenha gostado do conteúdo publicado por nossa equipe. Cuidar da saúde é um passo importante para a longevidade. Cuide-se, estamos disponíveis para esclarecimentos na área.

Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.