Sem categoria

Inibidores de apetite: uma boa opção?

ApetiteTem sido muito documentado em várias pesquisas epidemiológicas que a obesidade é um problema de saúde pública mundial e justamente por causa dessa grande incidência e de todos os agravos à saúde relacionados a ela, muitas medidas vêm sendo adotadas para erradicar esse mal. Embora a obesidade sofra interferência de vários fatores genéticos e ambientais, sabe-se que uma de suas principais causas é o balanço energético positivo, ou seja, quando a ingestão calórica supera o gasto, fazendo com que o organismo estoque essa energia ingerida em excesso na forma de gordura.

Dentro desse contexto, algumas estratégias para redução do peso corporal podem ser utilizadas, como por exemplo, a redução da ingestão alimentar. Pensando nisso, a indústria alimentícia criou uma classe de produtos conhecidos como inibidores de apetite; em geral, esses produtos são compostos por óleo de palma e óleo de aveia em emulsão aquosa e sua proposta é aumentar a saciedade.

Os possíveis mecanismos de ação associados aos bons resultados documentados na literatura seriam que a emulsão chegaria “intacta” na porção terminal do intestino delgado e que a presença de lipídios não digeridos estimularia a liberação de hormônios sacietogênicos, como a colecistocinina e do peptídeo semelhante ao glucagon 1 (GLP-1). Com relação aos efeitos descritos, já foram relatados perda de peso e, consequentemente, do IMC, redução na circunferência da cintura e uma melhora na manutenção da perda ponderal.

Dessa forma, a utilização de inibidores do apetite pode ser uma boa estratégia para quem deseja entrar em forma. Deve ser ressaltado, entretanto, que essa é uma medida auxiliar e que somente a utilização do inibidor pode não levar ao resultado desejado. Portanto, sua utilização deve ser associada a uma reeducação alimentar e à prática de atividade física, sempre com o acompanhamento de profissionais da área.

 

 

Karen Karen Santos faz parte da equipe de Nutrição da SNC de Salvador. Ela é graduanda em Nutrição pela UNEB.

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail     nutricao@sncsalvador.com.br

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.