Coenzima Q10

coenzimaq10Há muito já se conhece os benefícios da prática de exercícios físicos. Redução dos riscos cardiovasculares, prevenção e tratamento de distúrbios endócrinos e doenças crônicas estão entre os mais conhecidos efeitos de tal prática. No entanto, dependendo da intensidade, volume e periodicidade em que são realizados, os exercícios podem causar danos musculares agudos caracterizados por exaustão, dor e inchaço, além de perda de função e reduzida gama de movimentos. Nestes casos, as principais observações são microlesões celulares, aumento de marcadores inflamatórios e de espécies reativas de oxigênio (ROS), estas comumente mencionadas como radicais livres (RL).

Alguns autores sugerem que a ingestão de nutrientes potencialmente antioxidantes podem reduzir os danos oxidativos causados por exercícios extenuantes. A coenzima Q10 (CoQ10), também conhecida como ubiquinona, vem sendo indicada há anos como suplemento nutricional destinado a promover a boa saúde mediante combate à elevada produção de RL.

Por ser um dos intermediários da cadeia transportadora mitocondrial de elétrons, participa da regulação da produção de ATP. Entretanto, pesquisadores como Kon e colaboradores (2008) apontam para os seus efeitos antioxidantes quando componente estrutural das membranas mitocondrial e celular, reduzindo a ação dos ROS produzidos pelo intenso metabolismo oxidativo durante determinados exercícios.

Estudos experimentais citam que a suplementação de 150 à 300mg diários de CoQ10 reduz concentração de marcadores de lesão muscular (creatina quinase e mioblobina) e marcadores inflamatórios como interleucina-6 (Il-6) e fator de necrose tumoral alfa (TNF-alfa).

Cooke e colegas (2008) chegam a citar um potencial efeito ergogênico em tal suplementação, representada pela tendência ao aparecimento tardio de exaustão muscular em indivíduos treinados, submetidos a atividades aeróbicas e anaeróbicas.

A combinada suplementação de Coenzima Q10 e compostos antioxidantes como vitaminas C e E, além de selênio, pode ser uma estratégia nutricional importante para redução dos danos causados pelo exercício e proteção da própria mitocôndria contra ação deletéria da alta produção de radicais livres.

 

SidneySidney Rangel faz parte da equipe de Nutrição da SNC de Salvador. Ele é graduando em Nutrição pela UNEB.

 

 

 

 

 

 

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail  nutricao@sncsalvador.com.br

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *