Sem categoria

Uso de GH sintético pode causar diabetes?

GHO hormônio do crescimento (GH), também conhecido como somatotropina, é uma molécula de proteína que atua no crescimento dos tecidos, no estímulo à síntese proteica e na utilização das reservas de gordura como fonte de energia, evitando a proteólise. Por esse motivo, cada vez mais o hormônio em sua forma biossintética tem sido utilizado por indivíduos que desejam otimizar o processo anabólico. Atletas optam pela sua administração, por ser mais difícil diferenciá-lo do GH endógeno nos exames antidoping.

No entanto, diversos estudos evidenciam que a administração de GH em pessoas com um eixo GH/IGF-1 normal, ou seja, que não possuem deficiência do hormônio, pode trazer sérios efeitos; dentre eles, a diminuição da tolerância à glicose.

O GH provoca diversas alterações que influenciam o metabolismo dos carboidratos. Essas alterações são resultantes da resistência insulínica induzida pelo GH, que atenua as ações da insulina na captação e utilização da glicose no músculo esquelético e tecido adiposo e aumenta a gliconeogênese no fígado, promovendo uma maior concentração da glicose no sangue e um aumento compensatório na secreção da insulina. Por esses motivos, os efeitos do GH são chamados de “diabetogênicos”.

Assim, o excesso de GH pode produzir mudanças metabólicas na modulação da resposta à insulina, levando ao desenvolvimento de diabetes mellitus tipo II. Seu uso, portanto, é primariamente direcionado ao tratamento de pessoas com deficiência hormonal, com devido acompanhamento.

 A secreção endógena de GH pode ser estimulada com a suplementação de arginina, sendo uma alternativa segura já que não extrapola os níveis fisiológicos do hormônio. Se você está buscando aumento de massa muscular, procure um nutricionista para auxiliá-lo na otimização dos resultados através de uma alimentação equilibrada e lançando mão da suplementação, de acordo com as suas necessidades individuais.

 

NaiaraNaiara Brunelle faz parte da equipe de Nutrição da SNC de Salvador. Ela é graduanda em Nutrição pela UNEB.

 

 

 

 

 

 

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail        nutricao@sncsalvador.com.br

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção

 

4 comentário

Lucas Nogueira 6 de julho de 2016 at 18:32

Gostei, as pessoas devem ficar sempre bem informadas sobre esse assunto.

Responder
Lara Cerqueira 18 de julho de 2016 at 14:56

Que bom que gostou, Lucas! Nosso objetivo é sempre trazer informações de utilidade pública.

Responder
Tiago 15 de agosto de 2017 at 09:53

Sou diabetico e estou pensabdo em tomar gh … corro quais riscos?

Responder
Lara Cerqueira 15 de agosto de 2017 at 11:00

Olá, Tiago.
A terapia medicamentosa com qualquer hormônio deve ser orientada por médico endocrinologista. Pode sim trazer efeitos colaterais diante do quadro de diabetes, caso não seja orientado. Estamos a disposição para maiores esclarecimentos.

Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.