Café verde e saúde: efeitos do ácido clorogênico

cafeO café é uma bebida amplamente consumida em todo o mundo e muitos estudos têm demonstrado seus efeitos benéficos para a saúde. Nos últimos anos, algumas pesquisas científicas têm se voltado para o extrato do café verde e a repercussão de sua utilização sobre a perda de peso e a melhora da glicemia. Mas será que ele realmente é eficaz?

O extrato de café verde é geralmente retirado da espécie Coffee canephora robusta, pelo fato desta ser naturalmente mais rica em cafeína e polifenóis que as demais. Além disso, esse extrato é produzido antes da torragem dos grãos, já que esse processo reduziria a quantidade de ácido clorogênico, principal composto ativo. O ácido clorogênico é um polifenol formado a partir do ácido cafeico e do ácido quínico e várias funções são atribuídas a essa substância, como a inibição da enzima glicose-6-fosfatase, responsável por converter o glicogênio hepático em glicose, e o retardo da absorção da glicose intestinal; esses dois mecanismos são importantes para o controle glicêmico e por isso, tem sido sugerido o consumo dessa substância por indivíduos com diabetes.

Esse polifenol também possui propriedades que auxiliam no emagrecimento. Além das atuações já citadas, que também contribuem para o emagrecimento pelo menor pico insulinêmico pós-prandial e maior estímulo ao consumo de gordura como fonte energética, o ácido clorogênico estimula o receptor alfa ativado por proliferador de peroxissomo (PPAR-α), também responsável pela oxidação lipídica. Podem ser adicionados, ainda, às funções do ácido clorogênico seus efeitos, hipotensor e antimitogênico.

Aspectos importantes a serem considerados são o momento de uso e a quantidade. Embora ainda não haja consenso entre os pesquisadores, estudos demonstram que doses de 100mg por dia do ácido clorogênico já possuem efeitos positivos. Com relação ao horário de consumo, deve ser evitada a ingestão à noite, já que o extrato possui cafeína e isso poderia alterar o sono; se o uso for apenas do extrato de café verde, sem outras substâncias adicionadas, ele pode ser realizado antes de uma grande refeição, como o almoço.

Apesar de tantos relatos científicos positivos, pouco se sabe sobre os mecanismos pelos quais o ácido clorogênico exerceria todas essas funções; os experimentos demonstram resultados significativos com o consumo do extrato de café verde ou do ácido clorogênico isolado mesmo em indivíduos que não fazem qualquer alteração do estilo de vida, mas não trazem qualquer possível explicação sobre a dinâmica desse polifenol no organismo. Vale ressaltar que a utilização do extrato parece ser mais eficaz em relação ao ácido clorogênico isolado, uma vez haveria efeito sinérgico dos compostos presentes. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 pensamentos em “Café verde e saúde: efeitos do ácido clorogênico”