Sem categoria

Atividade física e o poder nutricional antioxidante

ID-100167206A relação entre prática esportiva e a nutrição está cada vez mais solidificada nos dias de hoje. A atividade física confere inúmeros benefícios à saúde dos seus praticantes, entretanto é extremamente necessário um acompanhamento nutricional para prevenção de danos ocasionados durante os exercícios, além do aporte energético e proteico adequado para reconstituição dos tecidos e manutenção das atividades fisiológicas normais.

O exercício físico exaustivo é responsável por induzir alterações na homeostase do organismo, essas modificações do estado normal induzem ao aumento da atividade enzimática, gerando estresse oxidativo, que caso não seja controlado, pode vir a causar danos celulares, pois durante o exercício muito oxigênio é consumido o que pode promover desequilíbrio nos mecanismos pró-oxidantes celulares aumentando a formação de radicais livres. (GARCÍA & DAOUD, 2002)

Estes radicais livres formados, e seus precursores, são chamadas de espécies reativas de oxigênio (EROs).  Essas moléculas são altamente instáveis e provocam reações em cadeia em busca de sua estabilização. O próprio organismo age naturalmente contendo o excesso de radicais livres através da ação de algumas enzimas como: superoxido dismutase, catalase e glutationa peroxidase. Essas reações de oxidação quando controladas são também responsáveis por benefícios como inativação de patógenos, por exemplo.

Entretanto ao se realizar atividade física intensa, apesar desse desempenho protetor natural do organismo, faz-se necessário o auxílio de outras vias capazes de agir na defesa contra os radicais livres, que são os compostos antioxidantes provenientes da alimentação. São eles, principalmente, vitaminas e outros compostos bioativos como os polifenóis.  

Os metabólitos de plantas e frutos como os polifenóis, flavonóides, antocianinas entre tantos outros, são importantes na nutrição preventiva, pois conferem benefícios ao organismo com ação antioxidante, prevenção da oxidação do colesterol LDL, a também função antiinflamatória.

Por tanto a alimentação pode entrar como via proteção preventiva contra danos gerados pela atividade física, promovendo melhora da qualidade de vida das pessoas que associam atividade física e alimentação saudável. 

 

Aline Aline Pereira faz parte da equipe de Nutrição da SNC de Salvador. Ela é graduanda em Nutrição pela UFBA.

 

 

 

 

 

 

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail   nutricao@sncsalvador.com.br  .

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.