A whey protein promove saciedade?

saciedadeÉ bem estabelecido na literatura o maior poder sacietogênico das proteínas quando comparada com a ingestão isoenergética de carboidratos e gorduras. Sendo assim, dietas ricas em proteínas tem sido aplicadas para redução de peso, sendo justificadas também pelo aumento da termogênese que essa ingestão causaria.

A whey protein, proteína do soro do leite bovino, é atualmente muito utilizada como suplemento nutricional devido, principalmente, ao seu alto valor biológico; perfil de aminoácidos, com grande quantidade de aminoácidos de cadeia ramificada (BCAA); rápida absorção e influência sobre a liberação de insulina, hormônio anabólico. Seu consumo em maior escala é feito no momento do pós-treino, mas e o uso dessa proteína como constituinte proteico da dieta ao longo do dia?

Recentemente a whey protein tem ganhado reconhecimento pela sua capacidade de regular a glicose no sangue e manter o peso corporal através do aumento da saciedade e da consequente redução da ingestão de alimentos. O rápido aumento de aminoácidos pós-ingestão da whey protein pode aumentar a saciedade por causar estímulo a hormônios gastrointestinais, como a colecistoquinina (CKK), GIP, PYY e GLP-1. Além disso, a presença de glicomacropeptídeos (GMP) pode influenciar funções gastrointestinais pela inibição da secreção gástrica, ação que pode ser mediada pela CKK.

Sabe-se ainda que a whey protein é rica em triptofano e que sua concentração cerebral, influencia a síntese da serotonina, a qual pode ser considerada como um neurotransmissor que suprime a ingestão de alimentos.

Procure um nutricionista para maior orientação sobre como a whey protein pode ser adicionada à planos alimentares, para além do momento pós-treino, mas visando uma alimentação saudável. 

 

Fernanda Fernanda Bacha  faz parte da equipe de Nutrição da SNC de Salvador. Ela é graduanda em Nutrição pela UFBA.

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail         nutricao@sncsalvador.com.br        .

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *