Vitaminas do complexo B aumentam o apetite?

apetiteAs vitaminas do complexo B são importantes para o metabolismo de carboidratos, lipídios e proteínas. Normalmente atuam como coenzimas ou integrantes de coenzimas, participando, assim, do início ou controle de vários processos metabólicos, principalmente, aqueles relacionados ao metabolismo energético, sendo então, fundamentais no processo de produção de energia. Elas também são indispensáveis para as atividades cerebrais, funções do sistema nervoso e síntese de neurotransmissores, como a serotonina, responsável pela sensação de bem-estar.

As vitaminas do complexo B são micronutrientes essenciais ao organismo, pois elas não são produzidas pelo corpo, ou não em quantidades suficientes. A falta delas pode causar falta de apetite, anemia megaloblástica, doenças neurodegenerativas, manifestações dermatológicas, assim como doenças específicas, como Beribéri e Pelagra.

Por serem vitaminas hidrossolúveis, possuem baixa toxicidade, e como o organismo humano não armazena essas vitaminas em quantidades significativas, o excesso delas é eliminado, principalmente pela urina. Por esse motivo, é necessária a ingestão diária de alimentos que as contenham em quantidades suficientes, para que os processos metabólicos dependentes delas ocorram com eficiência. As maiores fontes alimentares de vitaminas do complexo B são as carnes e ovos, folhas verdes escuras, grãos e cereais integrais.

Existem, no mercado, complexos vitamínicos desenvolvidos como alternativa para suprir a falta de vitaminas do complexo B no organismo. Porém, uma dúvida muito comum é sobre o aumento de apetite relacionado à ingestão deste complexo vitamínico, mas isso não tem comprovação científica.

Existem vários fatores que atuam e interagem na regulação do apetite. Entre eles, os fatores neurais, endócrinos e adipocitários são os mais importantes. Porém, esses ainda sofrem influência do sistema límbico, que é a unidade responsável pelas emoções e comportamentos sociais.

O controle da ingestão de nutrientes depende de uma série de sinais periféricos que atuam diretamente sobre o sistema nervoso central. A ingestão alimentar e o gasto energético são regulados pela região hipotalâmica do cérebro. Além disso, sabe-se que a expressão do apetite é quimicamente codificada também no hipotálamo, no qual existe o núcleo orexígeno, que quando estimulado envia sinais químicos de forma a promover a ingestão de alimentos, e o núcleo anorexígeno, que visa inibir a ingestão de alimentos.

Por isso, quando em uma dieta pobre em vitaminas, o uso das vitaminas do complexo B vai regular o organismo, fazendo com que esse funcione de maneira mais eficiente. Como a falta de vitaminas do complexo B pode ocorrer inapetência, esta suplementação faz com que o apetite volte à normalidade, sendo essa uma possível explicação para a associação entre o aumento do apetite e o uso de vitaminas do complexo B. Porém, vale salientar que em indivíduos sem carências dessas vitaminas, o uso delas, não surtirá esse efeito, lembrando ainda, que a regulação do apetite depende de inúmeros fatores.

Então, a suplementação deve ser reservada para indivíduos com deficiência das vitaminas do complexo B, sendo sempre orientada por um médico ou nutricionista.

 

Marina Marina Vilpert faz parte da equipe de Nutrição da SNC de Salvador. Ela é graduanda em Nutrição pela UFBA.

 

 

 

 

 

 

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail      nutricao@sncsalvador.com.br     .

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 pensamentos em “Vitaminas do complexo B aumentam o apetite?”