Sem categoria

Gengibre, um termogênico, antioxidante e anti-inflamatório natural!

GengibreO gengibre (Zingiber officinale) é uma raiz tuberosa, originária da ilha de Java, da Índia e da China, de onde se difundiu para o mundo. Considerada uma das mais antigas e populares plantas medicinais do mundo e que atualmente tem o seu consumo difundido devido as suas propriedades medicinais e a sua utilização na culinária.

No Brasil, o gengibre chegou por volta de 1500, onde naturalistas que visitavam o país pensaram se tratar de uma planta nativa, pois, era comum encontrá-la em estado silvestre. No Norte do país é conhecido como Mangarataia.

O gengibre é composto por 50% de amido, 1 a 3% de óleos essenciais, nomeadamente o d-canfeno, o felandreno, o zingibereno, o cineol, o citral, o borneal, o gingerol e a resina, substancias responsáveis pelo aroma e ação antimicrobiana presente no rizoma fresco, monoterpenos e serquiterpenos, óleos voláteis, 4 – 7,5% de princípios picantes como gingeróis e shogaols.  Na sua composição apresenta ainda outros constituintes como açúcares, proteínas, vitaminas do complexo B, lecitina, vitamina C e alguns minerais.

O gengibre apresenta propriedades antieméticas, antioxidantes, anti-inflamatórias, hepatoprotetoras, antimicrobianas, aumenta a salivação, estimula o apetite, auxilia o processo digestório, aumenta o tônus da musculatura intestinal ativando o peristaltismo, aumenta a secreção da bile pela vesícula biliar, combate a flatulência, auxilia a diminuição do colesterol total, do LDL e dos triglicerídeos além de ser um importante agente termogênico.

O gingerol é considerado um dos óleos essenciais mais importantes, presentes no gengibre e que confere grande parte das suas propriedades. Ele é capaz de inibir a síntese de prostaglandinas e leucotrienos através da supressão das prostaglandinas sintases e da 5-lipoxigenase, sendo um anti-inflamatório natural importante. É o principal principio ativo relacionado à perda de peso, dado que ele auxilia o aumento da termogênese, otimizando a queima de gordura e aumentando o metabolismo basal. Por outro lado, os princípios ativos do gingerol (gingerois, gingeronas e shogaois) são potentes antioxidantes, combatendo os radicais livres e melhorando a imunidade.

Os estudos recomendam o consumo 200 mg a 1g de gengibre/dia, podendo ser consumido na in natura, na forma de chás, sucos e como tempero e aromatizante em preparações culinárias doces e salgadas.

O gengibre se apresenta assim como uma alternativa natural aos atletas e praticantes de atividade física que buscam a melhoria da imunidade, a diminuição do estresse oxidativo, diminuição da inflamação e do percentual de gordura corporal.

 

Andrêa Ferreira faz parte da equipe de Nutrição da SNC de Salvador. Ela é graduanda em Nutrição pela UFBA.

 

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail       nutricao@sncsalvador.com.br      .

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção

 

4 comentário

Sidnei c Oliveira, 30 de março de 2018 at 23:56

Estou fazendo uso do gengibre de forma moderada ! Por quanto tempo posso usar ?

Responder
Lara Cerqueira 3 de abril de 2018 at 11:39

Olá, Sidnei.
O gengibre é considerado também uma especiaria e pode ser consumido diariamente em quantidades moderadas. Desta forma, não há um limite de tempo, apenas se perceber desconforto (o que não é habitual). O acompanhamento nutricional é importante para determinar doses adequadas para o objetivo desejado.

Estamos a disposição!

Responder
Oliveira 17 de abril de 2018 at 23:47

Gostaria de saber qual o ano em que essa matéria foi publicada?

Responder
Lara Cerqueira 8 de maio de 2018 at 11:40

Olá, Oliveira.
Esse texto foi publicado em 2013.

Ficamos felizes com a sua leitura!

Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.