Sem categoria

Os lados bons da Caseína.

           caseína-vem-do-leite Ultimamente a caseína vem sendo alvo de polêmicas que envolvem a sua segurança de uso. Mas você conhece os benefícios do uso desta proteína?

            A caseína é a fração proteica mais abundante no leite bovino, correspondendo cerca de 80%, sendo os demais 20% compostos pelas proteínas do soro (Whey Protein).  A estrutura da caseína é composta pelas frações α S1, α s2, β, κ, sendo que estas estão organizadas em forma de micelas, ligadas através de pontes salinas e interações hidrofóbicas, o que confere a sua baixa solubilidade em água.

            Esta fração proteica do leite bovino vem sendo empregada comercialmente na fabricação de diversos produtos cárneos, lácteos, salgadinhos e snaks, panificação, chocolates e confeitos, entre outros, além da suplementação alimentar.

            Por possuir um perfil rico em aminoácidos essenciais, a caseína é bastante utilizada para quem busca hipertrofia muscular. O contato da caseína com o meio ácido estomacal permite a formação de uma espécie de “gel”, o que garante que estes aminoácidos sejam liberados na corrente sanguínea de forma gradual, prevenindo o catabolismo muscular.

            Esta proteína também pode auxiliar no controle do apetite, através da ação sobre hormônios que participam deste mecanismo, como a CCK e o GLP-1, provocando um retardo no esvaziamento gástrico, induzindo a saciedade. Além disso, o nível de aminoácidos circulantes na corrente sanguínea também pode auxiliar neste controle.

            Um estudo realizado em 2009 mostrou o efeito anti-hipertensivo da caseína, sendo a caseína na sua forma hidrolisada a que apresentou melhores efeitos. O mecanismo de ação foi semelhante ao da Whey Protein, através de pequenos peptídeos inibidores da Enzima Conversora de Angiotensina (ECA).

            Devido a sua característica de lenta digestão e absorção, o momento mais interessante para o uso deste suplemento, é à noite, antes de dormir, como última refeição, devido a este ser um momento de jejum prolongado, além da liberação de hormônios anabólicos, como GH e Testosterona. Lembrando que o consumo de suplementos deve estar aliado a uma alimentação equilibrada que atenda a todas as necessidades do organismo. Para que isso possa ser feito de maneira correta e eficiente, consulte um Nutricionista.  

PriscilaPriscila Teles faz parte da equipe de Nutrição da SNC de Salvador. Ela é graduanda em Nutrição pela UFBA. 

 

 

 

  

 

 

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail   nutricao@sncsalvador.com.br  . 

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

    Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção.

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.