Sem categoria

Quitosana: um polímero extraído do exoesqueleto de crustáceos.


   
447442-Quitosana-para-perder-peso        A quitosana é um polímero constituído de unidades repetidas de Glicosamina, derivados da quitina, que pode ser obtido pela desacetilação desta. A quitina é o segundo polissacarídeo mais abundante na natureza depois da celulose, sendo o principal componente do exoesqueleto de crustáceos e insetos (CHANDY, T et al., 1993 APUD KURTS et al, 2010).

A quitosana é solúvel em ácidos orgânicos e minerais diluídos, mas precipita a um valor de pH superior a 6.0, funcionando assim como uma resina trocadora de íons. Esta propriedade difere a quitosana das outras fibras como a celulose, Guar, Pectina, Alginato de sódio, Colestiramina. Duas das propriedades farmacológicas que vem sendo bastante explorada pela comunidade científica mundial, principalmente a sua capacidade de auxiliar na redução de peso corporal através da captura de gordura ingerida e a sua capacidade de redução dos níveis de colesterol LDL, sem que a mesma afete significamente os teores de colesterol HDL e outros nutrientes essenciais. A qualidade e as propriedades da quitosana como a pureza, viscosidade, grau de desacetilação, peso molecular e estrutura do polímero variam dependendo dos fatores empregados na manufatura, que influenciam significativamente as características do produto final. O grau de desacetilação é uma das mais importantes propriedades químicas da quitosana, sendo que esta propriedade determina a quantidade de grupos amínicos “livres” no polissacarídeo. Estes aminos livres podem adquirir uma carga positiva em presença de soluções ácidas diluídas, formando um sal solúvel que confere a quitosana propriedades surpreendentes das quais a mais importante é a quelação. A quitosana pode se ligar seletivamente a compostos específicos como, colesterol, proteínas, gorduras, íons metálicos e células tumorais.

Após a ingestão a quitosana transforma-se em gel ao entrar em contato com as condições estomacais, antes das refeições, nesse gel formado, a quitosana apresenta uma carga global positiva distribuída por todo o polímero, em solução, tornando-a apta a atrair e ligar-se a moléculas carregadas negativamente, como os ácidos graxos e sais biliares. Quando as gorduras ingeridas na alimentação entram em contato com o gel, são logo capturadas pelas moléculas do polímero e levadas para o intestino, onde, em contato com um pH básico, a quitosana é solidificada permanecendo como um envoltório sobre a gordura, que evita a ação das lipases impedindo desse modo a sua consequente absorção pelo organismo, sendo excretada juntamente com as fezes. Cada grama de quitosana ingerida tem capacidade de capturar e eliminar até 8 gramas de gordura ingerida (aproximadamente 80 calorias). Estes mecanismos associados à quitosana fazem com que haja diminuição de gordura corporal e redução dos índices de colesterol sérico, LDL-c e triglicérides sem interferir no índice de HDL- c e outros nutrientes.

Com isso é necessário ter cuidado ao utilizar suplementos à base de quitosana principalmente pessoas alérgicas a frutos do mar e apesar das fibras demonstrarem benefícios á saúde a sua ingestão deve ser de acordo com as recomendações, antes consulte um nutricionista.

 

AnaClaudia Ana Claudia faz parte da equipe de Nutrição da SNC de Salvador. Ela é graduanda em Nutrição pela São Salvador.

 

 

 

 

 

 

 

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail   nutricao@sncsalvador.com.br   .

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção.

 

 

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.