Sem categoria

Valor energético total X Hipertrofia

hipertrofia

 O valor energético total (VET) é a soma da quantidade de energia necessária para a manutenção das funções vitais do organismo, juntamente com a energia gasta para que ocorra a digestão, absorção e metabolismo dos nutrientes ingeridos, mais o gasto realizado para as atividades físicas. Portanto o VET é a soma de três parâmetros importantes: manutenção da função corporal, energia para metabolizar o que consumimos e a atividade física que realizamos.

Todo alimento que consumimos tem um valor energético. Em nutrição a energia é quantificada através da caloria e cada grama de macronutriente contido nos alimentos tem um valor energético, por exemplo a cada um grama de proteina tem-se 4Kcal, igualmente ocorre com cada grama de carboidrato, já os lipideos a cada grama tem-se 9Kcal. A energia fornecida pelos macronutrientes é importante para quantificar quanto precisaremos ingerir para que atenda ao nosso gasto energético total, e isso se torna mais importante ainda para quem objetiva hipertrofia.

 

A hipertrofia é o aumento do tamanho das células por conta do aumento das funções celulares. A mais comum acontece na musculatura que é uma resposta fisiológica caracterizada pelo aumento do volume dos músculos decorrentes de estímulos gerados pelo exercício físico. Já está estabelecido que o aumento do exercício físico (tanto aeróbicos quanto anaeróbicos) leva a um aumento do gasto energético, portanto indíviduos que almejam o ganho de músculo precisam estar se atentando para o consumo energético diário, para que não haja menor consumo do que é gasto, o que levaria a um catabolismo. Segundo alguns pesquisadores, o gasto energético é de 25-35Kcal por quilo de peso por dia, para quem realiza treinos leves, para quem realiza treinos moderados de 50-80Kcal/Kg de peso/dia, podendo chegar até 150Kcal/Kg de peso/dia para um atleta de elite. Este valor energético ele varia em relação ao exercício realizado e o tempo em que esse é feito.

 

Para quem objetiva a hipertrofia o valor energetico total é importante, para que favoreça o momento anabólico em que haverá a construção muscular, além de considerar o aumento do gasto proveniente do exercício, pois quando há menor consumo e maior gasto energético, gera catabolismo, em que há degradação dos macronutrientes para ajudar no aporte energético, que está deficiente. Não se deve esquecer também, da importância de que tipo de macronutriente está sendo oferecido para que este objetivo seja alcançado. Para hipertrofia a quantidade de carboidrato em gramas por dia é de 8,0-9,0g por quilo de peso; para proteína 1,5-1,6g por quilo de peso ao dia e para gordura 0,5-1,0g/kg de peso/dia. Lembrando que estes valores serão individuais, e que há diferentes recomendações em relação à quantidade de macronutrientes necessárias para promover a hipertrofia.

 

 Naia Ferreia


Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail    nutricao@sncsalvador.com.br   .
  

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.  

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção.

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.