Sem categoria

Por que é tão difícil emagrecer?

emagrecerQuando se trata de emagrecimento, diversas estratégias são adotadas, mas será que todas elas garantem o sucesso e alcance deste objetivo? Será que a regra comumente pensada de gastar mais energia do que se ingere, basta?

Hoje, entende-se a obesidade como uma doença extremamente complexa envolvendo fatores ambientais e fisiológicos, que se integram em uma enorme teia. Por conta desta complexidade, o processo de emagrecimento para muitas pessoas torna-se tortuoso e amedrontador quando não é bem orientado, já que a melhor estratégia a ser adotada é baseada no estado e contexto de cada um.

Antes de decidir por uma estratégia emagrecedora, alguns aspectos devem ser analisados, como:

– Desequilíbrio nutricional. Não adiantar restringir calorias sem saber de onde esta caloria vem. É preciso consumir alimentos fonte de vitaminas e minerais, eles são os protagonistas do adequado funcionamento do organismo;

– Presença de disfunções neuroendócrinas. Interfere diretamente não só no metabolismo energético como nas sensações de fome, apetite e saciedade;

– Estado de estresse oxidativo. Quadro onde há uma produção intensa de radicais livres que pode ocasionar um estado inflamatório exacerbado e levar a uma sobrecarga ao organismo na tentativa de elimina-los, dificultando ainda mais a mobilização de gorduras e favorecendo a processos de envelhecimento e morte celular;

– A saúde intestinal pode refletir a saúde de um indivíduo. O trato gastrointestinal é a “porta de entrada” para tudo que for ofertado ao nosso corpo e para mantê-lo saudável é preciso assegurar defesa ao que não for aproveitável e tóxico. Para manter uma barreira intestinal íntegra e efetiva ao selecionar os nutrientes a serem absorvidos é preciso equilibrar a microbiota, fortalecer o sistema imunológico e as células desta região. Já é conhecido que Pessoas obesas tendem a ter saúde intestinal comprometida e vice versa;

– Relação corpo-mente. Este fator pode ser o ponto crucial para elaborar metas e alcançar objetivos, já que o emocional é o principal mentor das escolhas humanas e está relacionado com todos os fatores citados. Uma vida conturbada e estressante, os pormenores do dia-dia, a falta de tempo para organizar o turbilhão de sensações que são vivenciadas podem refletir negativamente no quadro de obesidade e interferir diretamente no tratamento.

Lembre-se, existe uma força maior chamada “determinação” que pode ser a chave, onde os objetivos terão mais sentido e os resultados serão ainda mais gloriosos. Busque o olhar clínico e minucioso de um nutricionista, ele pode ajudar a construir a estratégia mais adequada e eficiente para reestabelecer o equilíbrio corporal de acordo ao seu contexto. Cuide-se, não há quem o faça por você. 

 

Lara Lara Gabriela faz parte da equipe de Nutrição da SNC de Salvador. Ela é graduanda em Nutrição pela UNEB.

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail  nutricao@sncsalvador.com.br .

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção.

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.