Sem categoria

Toxicidade do Nitrato e Nitrito

ID-10086056Nitrato e nitrito são compostos nitrogenados de fórmula química NO3- e NO2-, respectivamente. O nitrato é amplamente utilizado na indústria alimentícia na fabricação de carnes processadas, como nitrato de sódio, substância que é adicionada para realçar a cor, sabor e principalmente estender a vida de prateleira. O que muitas pessoas não sabem é que 75 a 80% da nossa ingestão diária total de nitrato é proveniente dos vegetais, chegando a dez vezes mais do que é adicionado nas carnes processadas.

Para compreender um pouco melhor sobre esse composto, deve-se entender o seu metabolismo. Tudo começa quando o nitrato ingerido através da nossa alimentação é reduzido para nitrito, sob condição de hipóxia, com o contato de bactérias anaeróbicas, simbióticas, redutoras, presentes na superfície dorsal da nossa língua (algumas moléculas de nitrato conseguem passar sem sofrer redução). Quando o nitrato e nitrito chegam ao meio gástrico, uma parte é reduzido para óxido nítrico e outra parte é absorvido no intestino delgado proximal para o plasma sanguíneo, onde ocorre uma absorção ativa desse nitrato e nitrito e posterior transporte até as glândulas salivares onde ocorre novamente o ciclo, essa circulação é conhecida como circulação enterosalivar e cerca de 25% do nitrato dietético é reciclado para esta circulação.

São relatados na literatura duas doenças relacionadas com o excesso de nitrato/nitrito presente no organismo, a metahemoglobinemia e o câncer. As metahemoglobinas são moléculas que, ao contrário da hemoglobina, não tem a capacidade de transportar oxigênio para os tecidos. Todas as pessoas tem um pouco de metahemoglobina no sangue, porém o consumo excessivo de nitrato/nitrito pode gerar uma hiperprodução de metahemoglobina e levar a pessoa a desenvolver essa doença.

Os relatos da literatura sobre a capacidade do nitrato/nitrito causar câncer ainda não são bem elucidados e os resultados encontrados são ambíguos. O que existe documentado é que o nitrato/nitrito em meio ácido se torna ácido nitroso (HNO2), que pode sofrer nitrosação através de aminas secundárias, ingeridas pela alimentação, para formar nitrosaminas, algumas das quais são cancerígenas.

Para que não existam mais dúvidas sobre o consumo dessas substâncias, procure um nutricionista.

 

Gab Gabriel Pacheco  faz parte da equipe de Nutrição da SNC de Salvador. Ele é graduando em Nutrição pela UFBA.

 

 

 

 

 

 

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail   nutricao@sncsalvador.com.br  .

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.