Óleos de Prímula e Borragem e o potencial anti-inflamatório

oleosO uso de plantas no tratamento e na cura de enfermidades representa um importante recurso terapêutico, e é tão antigo quanto à história da humanidade. Milhares de espécies de plantas medicinais já foram catalogadas e suas propriedades terapêuticas estudadas, com ação farmacológica através da obtenção de seus princípios ativos.

A Oenothera biennis da família Onagraceae é conhecida como prímula ou “evening primrose” ou estrela da tarde, devido a característica de suas flores abrirem ao entardecer. A planta é constituída por fitosterol, oenoterina, taninos, compostos flavônicos e mucilagens. Seu óleo de suas sementes é rico em ácidos graxos essenciais (AGEs), incluindo o ácido linoleico (ômega-6) e ácido gama linolênico (GLA). Os efeitos terapêuticos são atribuídos à ação direta de ácidos graxos essenciais que o compõem em células imunológicas, bem como seu efeito indireto sobre a síntese de eicosanoides e biossíntese de prostaglandinas, alivio das tensões pré-mentruais.

Diversos estudos relatam o alto potencial terapêutico do óleo de prímula com efeito anti-inflamatório, hepatoprotetor, anticoagulante, eficaz contra doenças reumáticas e dermatite atópica, atua no alívio dos sintomas da tensão pré-menstrual, auxilia na manutenção da integridade da mucosa gástrica e na resposta imunológica, mantêm a elasticidade e controla a oleosidade da pele.

A Borragem (Borago officinalis L.), da família das Boraginaceaes, é uma planta herbácea anual e nativa da Europa, África e Ásia. É considerada uma espécie com função terapêutica importante, pois o óleo das suas sementes é rico em ácidos graxos poli-insaturados, sendo mais de 20% de ácido gama linolênico (GLA), e também em tocoferóis e outros compostos fenólicos, com ação antioxidante. Os ácidos graxos essenciais do óleo de borragem modulam a resposta inflamatória e a proliferação celular; possui papel importante na retina, sendo eficiente para diferentes patologias, como a artrite reumatoide, dermatite atópica, neuropatia diabética, sintomas relacionados à menopausa, melhora a saúde óssea e efeitos benéficos na regulação do metabolismo lipídico.

A recomendação diária é de 1000 a 3000 mg de óleo de prímula e 1000 mg de óleo de borragem para a obtenção da ação terapêutica destes ácidos graxos essenciais no organismo humano.

 

Ellen Góes faz parte da equipe de Nutrição da SNC de Salvador. Ela é graduanda em Nutrição pela UFBA.

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail  nutricao@sncsalvador.com.br.

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *