Sem categoria

Importância da L-glutamina para a imunidade

imunidadeA L-glutamina é o aminoácido livre mais abundante no corpo humano, produzida naturalmente pelo organismo. Representa cerca de 20% do total de aminoácidos no plasma e mais de 60% do total destes no músculo. É considerada condicionalmente essencial sob determinadas condições clínicas, como traumas, câncer e esforço físico intenso, quando ocorrem alterações do fluxo interorgânico, com redução de suas concentrações plasmáticas e na musculatura esquelética.

O trato digestivo serve como interface entre os meios externo e interno, suas células são responsáveis pela produção da imunoglobulina A (IgA) que inicia a resposta imunitária. Mais da metade da glutamina consumida na dieta e absorvida é utilizada pelos próprios enterócitos (células intestinais), os quais se renovam rapidamente, o que demanda a síntese constante de compostos estruturais, derivados da glicose e de aminoácidos. Dessa forma, a glutamina constitui-se como o principal combustível oxidativo das células epiteliais, razão pela qual possui papel importante na manutenção da estrutura e das funções intestinais.

Ela desempenha efeitos benéficos na manutenção das funções do sistema imunológico, que é formado principalmente por linfócitos, macrófagos e neutrófilos, os quais exercem um papel central na resposta imune e inflamatória, protegendo o organismo de agentes estranhos. Especialmente os linfócitos, utilizam a glutamina em altas taxas. Este aminoácido também melhora dos parâmetros nutricionais de pacientes desnutridos até os atletas de alto rendimento, além disso, reduz a degradação proteica em estados de intenso catabolismo.

É um importante substrato celular não só por ser um aminoácido, mas por também servir como fonte de energia, de nitrogênio e de carbono para a síntese de diversas outras moléculas. Atualmente, a glutamina é muito utilizada por atletas e praticantes de atividades físicas como suplemento ergogênico, ou seja, promove progresso do desempenho e crescimento da massa muscular, uma vez que as células musculares a utilizam no processo de reparação do tecido.

A suplementação de glutamina pode ser uma alternativa de enriquecimento da dieta quando se objetiva auxiliar a função imune, aumentar da integridade da barreira intestinal, o que se relaciona diretamente com uma absorção mais eficiente de nutrientes, e maior proteção contra substâncias e componentes nocivos ao corpo humano, além da sua ação no estímulo à síntese proteica.

Ellen Góes faz parte da equipe de Nutrição da SNC de Salvador. 

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail         nutricao@sncsalvador.com.br    .

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.