Sinefrina, você sabe o que é?

efedrinaA obesidade é um problema de saúde voltada para o mundo desenvolvido e em desenvolvimento. Vários suplementos dietéticos têm sido comercializados para reduzir a obesidade. Estes produtos têm sido sugeridos para redução do consumo energético e/ou aumento do gasto calórico.

O Citrus aurantium é uma planta originária da Ásia, cujo extrato é rico em vários flavonóides como a naringina e o agonista adrenérgico sinefrina e octopamina. A sinefrina é estruturalmente semelhante à efedrina e só despertou interesse científico após a interdição dos suplementos alimentares contendo efedrina pela Food and Drug Administration (FDA) em 2004 por crescentes eventos cardiovasculares.  A partir deste fato, a sinefrina tornou-se muito popular como o principal substituto de efedrina em produtos para a perda de peso, desempenho esportivo e produção de energia e foram levantadas questões sobre seus potenciais efeitos.

Dados na literatura são controversos sobre os efeitos da sinefrina na perda de peso e também se o seu uso leva o aparecimento de efeitos colaterais cardiovasculares como já está bem estabelecido com a efedrina. Alguns autores afirmam que a sinefrina possui atividade agonista alfa-adrenérgica e beta-adrenérgica e por isto a suposta eficácia termogênica dos suplementos que a contenham é decorrente do estímulo adrenérgico e consequentemente aumento da lipólise. Porém, o uso crescente de produtos contendo sinefrina tem levantado preocupações, uma vez que como já mencionado, esta possui semelhanças estruturais com outras aminas simpatomiméticas e, por conseguinte, pode causar efeitos secundários semelhantes. Sinefrina, como efedrina, pode causar efeitos cardiovasculares adversos em doses elevadas, os riscos são intensificados quando os produtos contêm além da sinefrina, a cafeína e, portanto, os pacientes que tomam medicações cardíacas devem ser advertidos sobre sua utilização.

Infelizmente, são poucos os estudos relativos à segurança da sinefrina em produtos para a perda de peso e apesar da sua popularidade, há apenas fraca evidência para apoiar sua eficácia como um agente termogênico, especialmente tendo em conta a sua inclusão em produtos combinados com outras substâncias. Sendo assim, são necessários maiores ensaios clínicos para se ter conclusões adequadas em relação à segurança e eficácia da sinefrina para promover a perda de peso.

 

   Marianne Áurea faz parte da equipe de nutrição da SNC Salvador

 

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail            nutricao@sncsalvador.com.br       .

 

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

 

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 pensamentos em “Sinefrina, você sabe o que é?”