Sem categoria

Suplementos Diuréticos

Os diuréticos são compostos que estimulam a excreção de água e são potencialmente úteis para a maioria das desordens incluindo aquelas que exibem edema, como insuficiência cardíaca congestiva, nefrite, tensão pré-menstrual e hipertensão. Alguns atletas em períodos de pré-competição, buscando a perda de peso rápida também utilizam estes compostos. Porém é preciso estar atento, principalmente, quanto ao uso de medicamentos diuréticos, alguns destes podem apresentar efeitos adversos, tais como desequilíbrios eletrolíticos e alterações metabólicas.

Dentre os suplementos nutricionais e/ou substancias mais utilizada a fim de aumentar a diurese estão: chá verde, considerado uma das bebidas mais consumidas no mundo, é rico em flavonóis e alcalóides que são os principais responsáveis pela inibição da atividade da enzima conversora de angiotensina (ECA), cuja  função é reabsorver sódio e água, a fim de aumentar a pressão. Estudos mostram que quando combinado com a hidroclorotiazida (medicamento diurético), o chá verde exerceu potencial efeito diurético além de reduzir a perda urinária de potássio, prevenindo a hipocalemia ocasião que pode levar ao óbito; a cafeína apresenta pouca diurese e esta é inibida com o exercício, o provável mecanismo que o exercício exerce um efeito antidiurético é através da ativação do sistema simpático, que estimula a liberação de catecolaminas (adrenalina e noradrenalina), estas provocam uma constricção das arteríolas renais, reduzindo assim a taxa de filtração glomerular (TFG). Além disso, exercícios que ocorrem em climas quentes podem reduzir ainda mais o fluxo plasmático renal e a TFG, e, consequentemente, menor efeito diurético da cafeína pode ser esperado.

Outros ingredientes ativos em alguns suplementos almentares voltados para a perda de peso (como termogênicos) possivelmente pelo seu caráter diurético por meio de flavonóides são: Tribulus terrestris, Zea mays, Dandelion, Cavalinha, Hibiscus e Uva-ursi.

Os diuréticos produzem efeito de diminuição do peso corporal por desidratação e diminuição da retenção hídrica. Tendo em vista que a maior parte dos estudos sobre estas plantas e substâncias diuréticas são realizados em ratos, mais estudos em humanos são necessário afim de analisar a eficácia e seguridade do uso dessas substâncias. Assim sendo, a verificação da prevalência dos métodos de redução aguda de peso pode auxiliar os nutricionistas no estabelecimento de estratégias de redução de peso gradativa, propiciando assim, melhora no rendimento bem como proteção à saúde dos atletas.

 

   Marianne Áurea faz parte da equipe de nutrição da SNC Salvador

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail nutricao@sncsalvador.com.br.

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Curta a nossa página no Facebook e não perca nenhuma notícia e/ou promoção

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.