Sem categoria

O Chá Verde e suas ações emagrecedoras

O chá verde é uma bebida muito consumida  nos países orientais, principalmente na China e no Japão. Ela é produzida a partir de uma planta chamada Camellia sinensis. Além do chá verde, o chá preto, o chá branco e o chá oolong também são feitos a partir desta planta, o que muda é o processo de fermentação.O chá verde é rico em flavonóides, dentre eles destacam-se as catequinas. As principais catequinas encontradas neste chá são: a epigalocatequina (EGC), a epicatequinagalato (ECG), a epicatequina (CE) e a epigalocatequinagalato (EGCG), a mais importante delas. Estas catequinas tem ação antioxidante, ou seja, diminuem a produção de radicais livres, que em excesso podem levar a danos celulares. As catequinas também desempenham um papel importante na atenuação do processo inflamatório causado pelo exercício físico. Além disso, elas são vistas como substancias que podem auxiliar no processo de oxidação de gorduras (lipólise).

Outro composto encontrado no chá verde é a cafeína. Esta substancia é uma das mais consumidas no mundo todo. Ela é encontrada também no café, no chocolate e nas bebidas a base de cola. A cafeína é um estimulante do sistema nervoso central, que proporciona foco, disposição, diminuição da percepção de fadiga, aumento do gasto energético de repouso, entre outros benefícios. Além disso, a cafeína auxilia também diretamente no processo de oxidação de gorduras.

Mas como estas substâncias agem no nosso corpo proporcionando a lipólise? Bom, de acordo com alguns estudos, a cafeína e as catequinas, juntas, agem de forma sinérgica, promovendo esta quebra de gordura. As catequinas tem como função, inibir a ação da Catecol O-Metiltransferase (COMT), uma enzima que degrada a norepinefrina, uma catecolamina que estimula a lipólise. Esta enzima inibida permite que a norepinefrina atue de forma prolongada proporcionando a lipólise, além disso, as catequinas estimulam a adenil cilclase, outra enzima que participa da cascata de reação da quebra de gordura. Associado a isso, a cafeína atua no sistema nervoso central, estimulando a noradrenalina. Outra importante ação da cafeína é de inibir a fosfodiesterase ( enzima que inibe a lipólise) liberando o processo de quebra de gordura. De modo geral, todas essas vias têm como objetivo estimular AMPc fazendo com que ocorra um estímulo a LHS ( enzima que degrada gordura), e as UCPs ( responsáveis pela produção de calor) aumentando a oxidação de gordura e proporcionando um maior gasto energético.

Por conter cafeína, indivíduos que possuem gastrite, problemas no coração ou são hipertensos, de modo geral, a utilização desta bebida não seria indicada. A concentração de cafeína e de catequinas pode variar de acordo com o modo de preparo e a origem da planta. De acordo com alguns estudos a utilização de baixas doses várias vezes ao dia se mostrou ser eficaz na oxidação de gorduras. Porém o uso do chá somente, poderá não trazer efeitos. Desse modo é importante a presença de um nutricionista para que ele possa adequar esta bebida a uma dieta balanceada.

Este texto foi escrito por Rafael Fildes Almeida que faz parte da equipe de nutrição da SNC-Salvador. Ele é graduando em Nutrição pela UFBA.

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mailnutricao@sncsalvador.com.br

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Acompanhe-nos nas redes sociais e não perca nenhuma notícia e/ou promoção (busque por sncsalvador)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.