Sem categoria

Capsaicina e seu efeito termogênico

O acúmulo de gordura no nosso corpo é resultado de um desequilíbrio entre o gasto e a ingestão de lipídios, quando há um maior consumo deste macronutriente. Essa é uma das causas para a obesidade e comorbidades associadas.

As evidências científicas para reduzir o acúmulo de tecido adiposo e promover a perda peso sugerem uma redução calórica e um aumento do gasto energético. Para aumentar o gasto de energia, componentes específicos dos alimentos têm efeitos benéficos sobre o metabolismo, como exemplo a capsaicina.

A capsaicina é o maior princípio pungente de pimenta vermelha, tem ação termogênica por estimular o gasto de energia, diminui o quociente respiratório e aumenta a oxidação de gordura, e promove saciedade.

Os mecanismos de ação para a perda de peso são: estimulação do receptor transiente potencial de vanilil 1 (TRPV1), os princípios de ação são pouco elucidados, outra via seria o estímulo ao sistema nervoso simpático (SNS) culminando em um aumento de catecolaminas (epinefrina, norepinefrina e dopamina). A liberação das catecolaminas promove uma visa de sinalização que resulta em uma maior transcrição de genes para a oxidação de gordura e por conseqüência maior gasto de energia.

A capsaicina é encontrada em suplementos termogênicos associadas a outras substâncias com ação sinérgica, de acordo os estudos científicos a dose que provoca a oxidação de gordura reside em torno de 2,5 mg de capsaicina por refeição.

“Este texto foi escrito por Paula Macêdo

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail nutricao@sncsalvador.com.br

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Acompanhe-nos nas redes sociais e não perca nenhuma notícia e/ou promoção (busque por sncsalvador)”

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.