Sem categoria

Exercício aeróbico e hipertrofia muscular

Os exercícios aeróbicos são a todo tempo associados a melhorias na capacidade aeróbica, na função cardiovascular e na regulação metabólica. Porém, recentemente, para a surpresa de muitos, foi também relacionado com a hipertrofia muscular, principalmente em indivíduos sedentários e idosos. Para tal eficácia, o treinamento deveria ser realizado em  intensidade entre 70-80% de frequência cardíaca, com  duração de 30-45 minutos e com frequência de 4-5 vezes na semana. A explicação estaria no grande número de contrações musculares com alto volume e baixa carga na musculatura, ocasionando uma série de alterações fisiológicas. Primeiramente, o exercício aeróbico seria capaz de realizar diversas alterações hormonais quando se fala sobre resistência, principalmente à insulina, restaurando os funcionamento adequado do corpo e melhorando as sinalizações ao músculo esquelético. Segundo pesquisadores, o treinamento aeróbico seria capaz também de estimular a diminuição na expressão de RNAm do complexo Ubiquitina-proteossomo (relacionado ao catabolismo muscular) diminuir a expressão de miostatina, aumentar a síntese proteica e diminuir a expressão de FOXO3, reduzindo a quebra de proteínas.
Quando se fala de exercício aeróbico a relação com a palavra mitocondriogênese (síntese de novas mitocôndrias) é grande. A proteína PGC-1α é a chave. Responsável por essa biogênese mitocondrial, foi recentemente relacionada também com a dinâmica mitocondrial e o metabolismo de proteínas. Os estímulos dados pelo treinamento aeróbico é capaz de aumentar a expressão de PGC-1α, melhorar a dinâmica mitocondrial, reduzir a emissão de espécies reativas do oxigênio e aumentar a produção de ATP mitocondrial. Além da melhora do dinamismo mitocondrial, a PGC-1α tem se mostrado eficiente na diminuição da expressão de RNAm de complexos como FOXO3, MuRF-1 e miostatina, que como citado antes, são responsáveis pela degradação proteica e atrofia muscular.
A ideia desse texto não é mostrar que o treinamento aeróbico deve ser comparado ou capaz de substituir outra metodologia de treinamento para a hipertrofia muscular, mas sim ser mais uma alternativa para proporcionar o benefício desta hipertrofia.

“Este texto foi escrito por Felipe Carpintero, baseado em artigos científicos. Todo material utilizado pode ser disponibilizado quando requerido.
Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail nutricao@sncsalvador.com.br
Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.
Acompanhe-nos nas redes sociais e não perca nenhuma notícia e/ou promoção (busque por sncsalvador)”

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.