Sem categoria

Doce x Barra de Proteína

O mês das crianças chegou e com ele uma reflexão interessante e ao mesmo tempo preocupante veio a minha mente. É comum a entrada de adultos acompanhados dos filhos nas lojas de nutrição esportiva. Parte dessa clientela vai à loja em busca de uma fonte alimentar rápida, prática e de boa qualidade nutricional na forma de barra proteica.

Uma cena que já presenciei e presencio muito em loja é a seguinte: a criança pede a barrinha de proteína (que pra ela é uma guloseima) ao adulto e ouve como resposta algo do tipo “não pode, faz mal, isso é de adulto”. Para completar muitas vezes, o adulto, na tentativa de satisfazer a vontade da criança, oferece um doce. Ou seja, muitos pais privam a criança de um alimento nutricionalmente equilibrado para dar um doce que é rico em açúcar e pobre em minerais e vitaminas. Um alimento que não irá trazer benefício algum. O consumo de carboidratos simples refinados é um dos principais fatores para o desenvolvimento da obesidade infantil. Dislipidemia, aumento do risco de doenças cardiovasculares e diabetes são outros agravos que podem vir associados.

Mas calma, não estou priorizando o consumo de barras de proteína para as crianças. Sou a favor da frutinha cortada na merendeira e do suquinho na garrafinha térmica. Mas nestes casos esporádicos, é muito mais interessante oferecer a barrinha de proteína do que o doce ou algum outro alimento com baixo valor nutricional. Além de possuir um sabor muito semelhante a um chocolate, este produto é rico em proteína de alto valor biológico. Esse macronutriente é imprescindível para o crescimento e desenvolvimento da criança. Além disso, a quantidade de açúcar é muito menor quando comparado ao doce.

Lembrem-se: a alimentação infantil é uma etapa muito importante no desenvolvimento da criança. Independente do assunto abordado, é fundamental que os pais analisem os alimentos que estão oferecendo aos seus filhos para não acabar “levando gato por lebre”.

Este texto foi escrito por Rafael Fildes Almeida, que faz parte da equipe de nutrição da SNC-Salvador.
Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail: nutricao@sncsalvador.com.br
Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.
Acompanhe-nos nas redes sociais e não perca nenhuma notícia e/ou promoção (busque por sncsalvador)

4 comentário

Mantovani 27 de outubro de 2015 at 17:55

Formidável. Muito boa a matéria.

Responder
Rafael Fildes 28 de outubro de 2015 at 14:12

Olá! Que bom que gostou! E se tiver dúvida sobre algum tema, entre em contato conosco.

Responder
Gabriel Souza Montenegro 28 de outubro de 2015 at 14:48

Parabéns pela matéria. Muito interessante.

Responder
Rafael Fildes 28 de outubro de 2015 at 18:07

Obrigado Gabriel!

Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.