Sem categoria

Piruvato para emagrecimento

O piruvato é um composto de 3 carbonos, resultado do processo de glicólise aeróbica. Então, sob condições normais, todo carboidrato ingerido tem como produto final o piruvato. Após sua formação, o piruvato pode ser utilizado em diversas rotas metabólicas, sendo a principal o ciclo de krebs para formação de energia.
Mas se o piruvato é um composto energético, como a suplementação do mesmo pode auxiliar no emagrecimento? Altas concentrações de piruvato inibem enzimas chaves no controle da glicólise, além de ativar ciclos metabólicos fúteis dependentes de energia, o que aumentaria o gasto calórico do indivíduo. O problema é que tais concentrações de piruvato só são obtidas no chamado momento pós-prandial, ou seja, quando acabamos de comer e estamos bem alimentados. A inibição das enzimas que regulam a glicólise e ativação dos ciclos fúteis só costumam acontecer quando estamos com altas reservas de energia, por isso, a suplementação do piruvato pode auxiliar no emagrecimento.
Ao fornecer altas concentrações de piruvato associado à restrições calóricas, ou em momentos catabólicos, como durante atividade física, nós inibimos a via glicolítica, reduzindo a obtenção de energia de carboidratos e desviando as necessidades energéticas para o consumo de gorduras, além de aumentar o “desperdício” energético.
Stanko e colaboradores vêm demonstrando efeitos positivos da suplementação de altas doses de piruvato na composição corporal de mulheres obesas, porém altas dosagens de piruvato são impraticáveis para a maioria da população, seja pelo custo ou dificuldade de seguir protocolo de suplementação. As evidências quanto as dosagens mais práticas ainda são escassas. Kalman e colaboradores verificaram melhora na composição corporal de mulheres com sobrepeso após 6 semanas de suplementação de 6 gramas de piruvato ao dia, já o grupo de Koh-Banerjee, verificou uma tendência a melhora da composição corporal de mulheres com sobrepeso após suplementação de 5 gramas de piruvato por 30 dias, mas de forma não significativa.
Apesar dos estudos mostrarem efeitos benéficos da suplementação de altas doses de piruvato na composição corporal, mais estudos, com dosagens fisiológicas são necessários, com intuito de especificar tempo e quantidade de suplementação em que as mudanças corporais sejam estatisticamente significantes.

Este texto foi escrito por Victor Neves, baseado em artigos científicos. Todo material utilizado pode ser disponibilizado quando requerido.

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail nutricao@sncsalvador.com.br

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Acompanhe-nos nas redes sociais e não perca nenhuma notícia e/ou promoção (busque por sncsalvador)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.