Sem categoria

Nutrição nas Redes Sociais

Com a revolução no mundo da internet e o dinamismo da população atual, surgiu o conceito da rede social. Touxe à tona o “instantâneo”, no entanto, o grande compartilhamento de informações nessas redes acaba sendo uma “faca de dois gumes”. Com os profissionais que estão utilizando dessa mídia também não é diferente. O ponto a ser abordado por esse texto é: como utilizar da melhor forma a  sua rede social no âmbito profissional. Visando nortear os profissionais da Nutrição, o Conselho Federal de Nutrição (CFN) elaborou o código de ética, como forma de “política de boas maneiras” para a vida profissional que acabam sendo refletidas também no mundo virtual.

Prezar sempre pela Bioética. Ao compartilhar qualquer tipo de informação, de carácter profissional, atrele sempre um respaldo científico. Ainda mais quando o ponto a ser abordado for um produto ou subproduto de alguma empresa ou instituição. Com embasamento, passar o conhecimento de forma segura é o mais correto a ser feito. Lembre-se sempre de ser lúcido. Nem todos que estão acompanhando seu dia-a-dia através da internet conhecem as mesmas coisas que você, muitos são leigos e o ideal é sempre estar disposto a responder as questões que venham a aparecer. Nunca use da sua posição para menosprezar, humilhar ou simplesmente tratar com ironia outras pessoas, profissionais ou não. Lembre-se do seu juramento: “Prometo, ainda, que serei fiel aos princípios da moral e da ética. ”

O mercado é competitivo, estreito e somente os melhores se destacam (de forma positiva) e obtém o resultado desejado. Mais ainda pela grande concorrência existente, alguns usam de argumentos monetários para tentar trazer para si o cliente. Fugindo do conceito ético, essas informações devem ser de carácter pessoal, sendo restrita à sua utilização midiática. Portanto, seja competente pelo seu trabalho realizado, a remuneração é importante, mas não deve valer como forma de diferenciação profissional.

Outro ponto que se deve ter atenção é quanto a publicidade. Por ser tratar de uma rede aberta, tenha cuidado com o sensacionalismo e o marketing de auto-promoção, esses pontos são vedados pelo CFN. Também, é estritamente proibido que você faça uma publicação trajando uma roupa de alguma marca ou empresa como forma de divulgação. Atenção. Ao menos que seja uniforme de trabalho, não é permitido. Seguindo a mesma linha, usar da sua posição de nutricionista para manifestar alguma preferência ou divulgar informação sobre determinada marca de produto ou empresa não é correto.

A internet como um todo e mais especificamente a rede social é uma ótima forma de divulgação do seu trabalho. Utilizando da forma correta, como uma estratégia para estreitar relações e aproximar o profissional do cliente, os frutos serão positivos. Deixo como recomendação, a leitura completa do código de ética do nutricionista, permitindo adequada postura midiática.

Este texto foi escrito por Felipe Carpintero, baseado em artigos científicos. Todo material utilizado pode ser disponibilizado quando requerido.
Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail nutricao@sncsalvador.com.br
Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.
Acompanhe-nos nas redes sociais e não perca nenhuma notícia e/ou promoção (busque por sncsalvador)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.