Sem categoria

Suplementação na adolescência

Na sociedade atual a aparência corporal tem recebido grande destaque e valorização, ocorrendo uma busca por essa imagem, que muitas vezes é idealizada por pais, amigos, mídias e pelos próprios adolescentes. Dentre estes diversos estereótipos atualmente a aparência musculosa vem ganhando destaque.
A prática esportiva e uso da suplementação tornaram-se cada vez mais comuns entre os jovens, necessitando-se assim de maior aprofundamento sobre os benefícios, malefício e a real necessidade do uso desses suplementos alimentares. Para isso, é necessário entender os aspectos fisiológicos da adolescência.
O começo da adolescência é caracterizado por período de aumento acelerado no peso e na estatura. Esse crescimento físico é o somatório de fenômenos celulares, biológicos, bioquímicos e morfológicos com interação genética, influenciadas pelo meio ambiente. Dos aspectos ambientais, a nutrição ganha destaque, juntamente com fatores hormonais e genéticos, estimulam a proliferação da cartilagem de crescimento e o alongamento linear dos ossos, caracterizando o crescimento físico.
A ingestão de  dieta adequada para crianças é fundamental para manutenção da saúde, o crescimento e a maturação, bem como para minimizar lesões e melhorar o desempenho esportivo. A aquisição de  dieta adequada irá auxiliar a desenvolver hábitos alimentares saudáveis, e estes na idade adulta, juntamente com a atividade física, diminuirão o risco de muitas doenças relacionadas ao estilo de vida.
Como dito, frequentemente tem-se observado que adolescentes envolvidos em atividade física ou atlética estão usando cada vez mais suplementos. Infelizmente, o uso de suplementos alimentares por parte dos adolescentes na maioria das vezes, ocorre sem a necessária orientação, e a partir de recomendações de colegas, treinadores, revistas, sites na internet e de ouvir dizer nas academias de ginástica.
Os suplementos mais utilizados pelos adolescentes são: proteínas e aminoácidos, creatina, carnitina, vitaminas, microelementos, cafeína, betahidroximetilbutirato (HMB).
No que diz respeito ao uso de proteínas (whey protein e albumina) e aminoácidos (Arginina, BCAAs, glutamina) se bem orientado e de acordo com as necessidades do adolescente pode ser uma ótima estratégia, visto que quando não se fala de adolescentes atletas, a deficiência no consumo de proteínas é algo comum, devido a maus hábitos alimentares dos adolescentes, que optam por elevado consumo de carboidratos refinados, deixando de lado as fontes proteicas. Dessa forma, a suplementação de proteínas e aminoácidos podem ajudar na melhoria do estado nutricional, crescimento e desenvolvimento dos adolescentes de maneira saudável, devendo ser avaliado o seu uso pelo nutricionista.
A suplementação de vitaminas e minerais também deve ser avaliada, pois estudos demonstram que boa parte das crianças brasileiras tem consumo inadequado de fontes de vitamina A, E e C. Além disso, minerais essenciais para o crescimento e maturação como o zinco, fundamentais para o metabolismo ósseo como o cálcio e magnésio devido a uma maior requisição nesta fase, há maior susceptibilidade a deficiência destes.

Outros suplementos citados como o HMB, creatina, carnitina não tem seu uso restrito por adolescentes, desde que tenha seu uso orientado por profissional habilitado, respeitando a indivudualidade. Já o uso de cafeína pelos adolescentes deve-se ter um pouco de cautela, pois estudos demonstram que seu uso no período próximo a noite elevam a hora de dormir dos adolescentes e atrapalha a profundidade do sono, o que pode interferir na maturação neuronal dos adolescentes.
A suplementação para adolescentes pode auxiliar para a realização de uma dieta adequada para esse período, que é caracterizado por um rápido crescimento e desenvolvimento, com maiores necessidades de macronutrientes, energia, e adequado aporte de vitaminas e minerais. Assim, adolescentes que praticam atividades físicas podem se beneficiar do uso de suplementos como creatina, BCAAs, carnitina, HMB, whey protein, polivitaminicos, dentre outros que possam melhorar o seu desempenho físico desde que orientados por uma nutricionista e que este uso esteja de acordo com suas necessidades.

Este texto foi escrito por Jaqueline Barreto

Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail nutricao@sncsalvador.com.br

Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Acompanhe-nos nas redes sociais e não perca nenhuma notícia e/ou promoção (busque por sncsalvador)”

Posts relacionados

Arginina e Saúde Cardiovascular

Ismael

Gene FTO x Obesidade

Júlia Canto

Ergoespirometria

VITORIA MELO

Deixe um comentário