Sem categoria

Jejum intermitente e emagrecimento

Atualmente, existem inúmeras dietas, métodos e protocolos voltados para o emagrecimento, alguns mais eficientes e outros não. Dentre esses métodos, o jejum intermitente é vem se tornando popular em meio as pessoas que buscam reduzir medidas.

Durante nossa evolução passamos por períodos de fome e fartura de alimento, e para cada período o corpo reage de uma maneira diferente, criando novas adaptações metabólicas com o intuito de armazenar o excesso de alimento nas nossas reservas de gordura (em situações de fartura) ou preservar a massa muscular, queimando mais gordura (em situações de fome), e é neste segundo ponto o foco do jejum intermitente.

Com base nessas adaptações que são geradas no período de escassez, o jejum intermitente vem com a ideia de estimular um período prolongado de jejum com a intenção de aumentar a mobilização e oxidação de gordura, alternado de um período de alimentação para não ocorrer perdas significativas de massa muscular e o individuo se manter saudável.

Aprofundando sobre o método do jejum intermitente, existem algumas variações que ficam a escolha do individuo decidir qual é a mais viável para a sua rotina, os protocolos mais comuns sugerem um período de jejum de 16 horas ( incluindo as horas de sono ), alternado de um período de alimentação de 8 horas. Outra sugestão bem utilizada é alternar um dia inteiro de jejum com um dia inteiro de alimentação, em ambos os métodos ocorre também um redução de 20 a 25% da ingestão calórica diária.

Há inúmeros estudos comprando a eficácia do Jejum intermitente para o emagrecimento, além de benefícios a saúde como: redução do LDL, aumento do HDL, melhora na sensibilidade a insulina, redução de triglicerídeos, aumento da expressão de genes relacionados a saciedade e ingestão alimentar, dentre outros. Entretanto, deve-se analisar a aderência do individuo a este método, pois não são todas as pessoas que conseguem passar horas em jejum e manter suas atividades rotineiras estáveis.

Portanto, esse método alimentar é uma alternativa a outros que também são eficazes, como a  restrição calórica diária que é a mais comum, o ideal é ter acompanhamento de um nutricionista para identificar a estratégia adequada que irá lhe trazer melhores resultados e com fácil adesão, analisando suas particularidades.

Este texto foi escrito por Dilson Araujo, baseado em artigos científicos. Todo material utilizado pode ser disponibilizado quando requerido.
Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail nutricao@sncsalvador.com.br
Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.
Acompanhe-nos nas redes sociais e não perca nenhuma notícia e/ou promoção (busque por sncsalvador)

12 comentário

Tonni 3 de março de 2016 at 02:48

Parabéns Dilson! 🙂

Responder
Tonni 3 de março de 2016 at 02:48

Obrigado por esse artigo!

Responder
Dilson Araújo 3 de março de 2016 at 14:13

Obrigado Tonni. Grato.
Att,
Dilson Araujo

Responder
Cristina 7 de março de 2016 at 02:40

Bom Dia,

que artigo caprichado!

Eu sei o quanto é complicado manter um blog!

Tenho escrito sobre Mamãe Sarada no blog Amigas & Mulheres

Beijos!

Responder
Dilson Araújo 8 de março de 2016 at 17:10

Olá Cristina, muito obrigado pelo comentário.
Achei bem interessante seu Blog, desejo-lhe sucesso.

Att,
Dilson Araujo

Responder
Marcio 21 de março de 2016 at 17:38

Oi

Admirei muito este site.

Por mais sites idem a este!

Henrique do Somatodrol

Responder
Dilson Araújo 26 de março de 2016 at 14:31

Muito obrigado Marcio.
Seu feedback é muito importante para equipe.
Att,
Dilson Araujo

Responder
M. Henrique 22 de março de 2016 at 14:28

Opa, como vai?

Gostei muito do seu artigo no seu conteúdo.

Por mais sites idem a este!

Marcio no Guia do Somatodrol

Responder
Dilson Araújo 26 de março de 2016 at 14:32

Olá Henrique, fico feliz por ter gostado do artigo, muito obrigado pelo seu feedback.
Att,
Dilson Araujo

Responder
Ihuri 19 de julho de 2016 at 01:56

Parabéns pelo estudo!
Acho o jejum intermitente um método muito bom, porém para pessoas obesas com IMC acima de 30 e BF acima de 20. Este tipo de método para pessoas “normais” acho meio complicado, pois pode haver uma maior perda de massa muscular.

Estudante de Nutrição – Segundo Semestre

Responder
Ihuri 19 de julho de 2016 at 01:57

Parabéns pelo estudo!
Acho o jejum intermitente um método muito bom, porém para pessoas obesas com IMC acima de 30 e BF acima de 20. Este tipo de método para pessoas “normais” acho meio complicado, pois pode haver uma maior perda de massa muscular.

Estudante de Nutrição – Segundo Semestre

Responder
Dilson Araújo 19 de julho de 2016 at 02:53

Concordo com você.
Obrigado Ihuri pela participação, fico feliz, obrigado pelo feedback.

Grato.

Att,
Dilson Araujo

Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.