Sem categoria

A importância da hidratação no esporte

O estado apropriado de hidratação corporal antes, durante e após o exercício físico é de fundamental por ser determinante do desempenho na prática de atividades físicas, além de prevenir os problemas de saúde provocados pelo estado de desidratação (SILVA, et al., 2011). A hidratação adequada é extremamente importante para o funcionamento do organismo como um todo e manutenção da homeostase, já que a água compõe aproximadamente 60% do corpo humano, além de participar da excreção de metabólitos do organismo.
Durante a prática de exercício físico, o corpo busca a manutenção da temperatura corporal. Para que isto seja possível, o mecanismo de evaporação do suor é meio primário pelo qual o corpo busca manter sua homeostase (equilíbrio). A dimensão da perda hídrica durante o exercício é dependente de fatores como a individualidade, as características da atividade física e as condições ambientais (HAUSEN, et al.,2013).
Além de água, o suor contém quantidades substanciais, mas variáveis, de sódio, com menores quantidades de potássio, cálcio e magnésio. Para preservar a homeostase, o desempenho e a percepção de bem-estar, os atletas devem se esforçar para realizar as estratégias de gestão de líquidos antes, durante e após o exercício que mantêm euidratação. Dependendo do atleta, do tipo de exercício, e do ambiente, há situações em que este objetivo é mais ou menos importante (ACSM, 2016).
Segundo o ACSM (2016), atletas podem atingir euidratação antes do exercício através do consumo de um volume equivalente de fluido de 5-10 ml/kg peso corporal nas 2 a 4 horas antes do exercício para atingir urina, que é de cor amarelo pálido, permitindo tempo suficiente para o excesso de fluido a ser excretado. O sódio consumido em fluidos pré-exercício e alimentos podem ajudar com retenção de líquidos.
Ainda de acordo com o ACSM (2016), uma perda de 1 kg de peso corporal após o exercício, representa aproximadamente 1 L de perda de suor. O plano de consumo de fluidos que se adapta a maioria dos atletas e eventos esportivos normalmente é de uma ingestão de 0,4 a 0,8 L/hora, pois as taxas de suor variam durante o exercício entre 0,3-2,4 L/h dependendo da intensidade, duração, condicionamento, aclimatação ao calor, altitude, e outras condições ambientais.
Diante disso, a reposição de líquidos é essencial para a manutenção do desempenho e, principalmente, para garantir um funcionamento satisfatório do sistema cardiovascular. Neste contexto, a seleção de uma bebida para ser consumida durante o exercício com o objetivo de reposição dos fluidos corporais perdidos deve respeitar algumas características específicas para promover uma recuperação hidroeletrolítica e metabólica adequada. Para os distintos momentos do exercício (antes, durante e após a atividade) diferentes protocolos de consumo são recomendados (HAUSEN, et al.,2013).

 

Este texto foi escrito por Juliana Miranda, baseado em artigos científicos. Todo material utilizado pode ser disponibilizado quando requerido.
Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail nutricao@sncsalvador.com.br
Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.
Acompanhe-nos nas redes sociais e não perca nenhuma notícia e/ou promoção (busque por sncsalvador)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.