Sem categoria

Estratégias Nutricionais no Ciclismo

O ciclismo é um esporte clássico difundido em todo o mundo. Atualmente existem diversos tipos de provas de ciclismo, como o mountain bike, ciclismo de estrada, ciclismo de pista e o BMX. Essas provas podem durar segundos, como é o caso do Sprint, ou até mesmo dias.

Por parte da nutrição, o tipo, o momento de inserção e a quantidade dos alimentos ingeridos, bem como o coingestão de substâncias ergogênicas são fatores importantes que estão diretamente ligados ao desempenho nas provas. A hidratação também representa um ponto fundamental para o sucesso do mesmo. Indivíduos hipohidratados estão mais susceptíveis á ter um baixo rendimento e um alto risco de lesões. A ingestão de líquidos, principalmente próximos ao treino, é de suma importância.

No que diz respeito ao momento da preparação, dentre as diversas estratégias pode-se destacar o “train low, compete high”. Esta estratégia nutricional é muito utilizada pelos atletas de alta performance, e está diretamente relacionada com a disponibilidade de carboidratos da dieta. No período distante da prova/competição há uma diminuição no consumo de carboidratos, principalmente antes do treino. Isso gera uma menor disponibilidade de energia durante o treino, forçando o corpo a utilizar a gordura como fonte energética. Além disso, pelo fato da disponibilidade de energia estar diminuída, na tentativa de se adaptar a este ambiente, as células musculares estimulam a mitocondriogênese (formação de mitocôndrias). Esta organela é a responsável por gerar a energia que a célula necessita. Além disso, a mitocondriogênese promove a melhora da eficiência energética melhorando assim o desempenho do indivíduo.

Já no período de pré-competição, ao invés de restringir os carboidratos, ocorre uma supercompensação desse macronutriente. Isso gera uma maior biodisponibilidade de energia durante a prova provendo assim um maior rendimento. É importante destacar que apesar de parecer simples, está estratégia precisa ser monitorada por nutricionistas e educadores físicos.

Mas Rafael, eu não sou um atleta e não participo de nenhuma competição, o que devo comer antes e após o treino? Bom, de modo geral podemos destacar alguns pontos importantes que precisam ser levados em consideração. Antes do treino, priorize os carboidratos, de preferência aqueles com baixo índice glicêmico, como as raízes e tubérculos por exemplo. Cuidado com os de alto índice glicêmico, eles podem causar picos de insulina. Este hormônio está diretamente ligado com o estado de prostração durante o treino. Evite o consumo de gorduras, principalmente as saturadas. Como eles possuem difícil digestão, há um risco de causar desconforto gastrointestinal durante o treino.
Já no pós-treino se faz necessário recuperar as fibras musculares e repor os estoques de glicogênio. Consuma proteínas de alto valor biológico como as carnes, ovos e leite e carboidratos de médio a alto índice glicêmico, a fim de repor mais rápido os estoques de energia e acelerar o processo de recuperação.

A utilização de suplementos também é valida nesse tipo de esporte. Dentre eles podemos destacar os repositores hidroeletrolíticos que tem como função fornecer energia e repor os eletrólitos perdidos durante a prova; a beta alanina que atua diminuindo acidez muscular promovendo assim um aumento no tempo de exaustão; os vasodilatadores que agem diretamente aumentando o calibre do vaso sanguíneo, possibilitando uma maior passagem de sangue, oxigênio e nutrientes para o músculo, aumentando assim o rendimento do indivíduo; cafeína que além de melhorar a contração muscular, atua diretamente estimulando o sistema nervoso central, proporcionando assim o aumento do foco e diminuindo a percepção subjetiva do esforço; além dos joints que auxiliam na prevenção e no tratamento de lesões articulares e cartilaginosas.

Este texto foi escrito por Rafael Fildes Almeida, integrante da equipe de nutrição da SNC-Salvador, baseado em artigos científicos. Todo material utilizado pode ser disponibilizado quando requerido.
Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail: nutricao@sncsalvador.com.br
Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.
Acompanhe-nos nas redes sociais e não perca nenhuma notícia e/ou promoção (busque por sncsalvador)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.