Sem categoria

Álcool, Exercício Físico e Suplementação

“Beber no final de semana atrapalha o meu ganho de massa muscular?”

“Será que se eu continuar bebendo, o suplemento faz efeito?”

Ouvir estes questionamentos de amigos e parentes é mais comum do que se imagina, afinal, o álcool está entre as drogas lícitas mais consumidas no mundo. O consumo de bebidas alcoólicas em excesso traz inúmeras consequências sociais, comportamentais e fisiológicas, alem de estar relacionado negativamente com algumas condições de enfermidade.

O processo de metabolização do álcool é realizado principalmente pelo figado. Durante este processo ocorrem reações oxidativas com a participação de algumas enzimas. A álcool desidrogenase (ADH) é a primeira enzima a realizar uma reação formando acetaldeído, composto vasoativo mais tóxico que o próprio álcool. Posteriormente, o acetaldeído será oxidado pela aldeído desidrogenase (ALDH). Estas reações causam elevação da relação NAD/NADH, e com isso, outras reações metabólicas hepáticas que requerem energia ficam prejudicadas, já que a metabolização do álcool possui alta demanda energética, gerando assim  desregulação do metabolismo.

Indivíduos que consomem álcool de maneira cronica e abusiva bloqueiam a atividade da ADH.  Nestes casos, outras vias podem intervir são a via do Sistema Mitocondrial de Oxidação do Etanol (MEOS) e a da catalase. Vale ressaltar que independente da via, a metabolização do álcool produzirá acetaldeído. Este, por sua vez, pode levar a peroxidação lipídica, desnaturação de proteínas, diminuição dos níveis de glutationa e  aumento da toxicidade dos radicais livres.

O consumo excessivo de álcool tem relação direta com a saúde, já que a sobrecarga no metabolismo hepático leva a lesões como a esteatose, que posteriormente pode evoluir para quadros mais graves como hepatite ou cirrose. A ingestão de álcool é relacionada com a hipertensão arterial e elevação dos triglicerídeos, fatores de risco cardiovascular. Além da queda das funções cognitivas, uma vez que o seu consumo pode inibir a liberação de acetilcolina, neurotransmissor importante no processo de memorização, resultando em cognição prejudicada e incapacidade de formar memórias.

A relação álcool x atividade física é bastante discutida, principalmente no que tange a performance nos exercícios. Alguns autores relacionam negativamente o álcool  ao exercício, uma vez que indivíduos que consumiram álcool apresentaram  menor potencia, queda da performance aeróbica e da força.   Estudos demonstram que o consumo de álcool pode atrapalhar a contração muscular e a saúde óssea. O processo de recuperação também é prejudicado, uma vez que reduz a ressíntese de glicogênio, importante reserva energética utilizada durante a pratica de exercícios, alem de prejudicar a síntese proteica por inibir  a via mTOR que possui papel indispensável na recuperação e hipertrofia muscular. Em contrapartida, outros autores não encontraram evidencias na queda de performance quando o consumo foi moderado ou leve.

Não existe nenhum tipo de restrição para quem consome bebida alcoólica e utiliza suplementos. Porém, recomenda-se que sejam utilizados em momentos distintos a fim de não atrapalhar a digestão e absorção do suplemento alimentar já que o álcool exige uma demanda metabólica muito grande.

Por fim, o consumo de maneira moderada não interfere de maneira significativa no seu resultado, já que o próprio exercício físico pode reduzir os efeitos deletérios causados pelo álcool, no entanto, é preciso ponderar que a moderação depende da individualidade e capacidade de metabolização de cada um. Vale ressaltar que o consumo excessivo pode sim atrapalhar os seus objetivos e trazer problemas mais graves no futuro. Uma boa alternativa é reduzir a quantidade e a frequência aos poucos. Garanto que seus resultados serão muito melhores!

Este texto foi escrito por  Nicolas Riela, baseado em artigos científicos. Todo material utilizado pode ser disponibilizado quando requerido.
Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail nutricao@sncsalvador.com.br
Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.
Acompanhe-nos nas redes sociais e não perca nenhuma notícia e/ou promoção (busque por sncsalvador).

 

2 comentário

Roberto 6 de março de 2017 at 13:44

Excelente !!

Responder
VITORIA MELO 23 de março de 2017 at 11:48

Obrigada pelo retorno Roberto!

Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.