Sem categoria

Suplementação para as articulações

Os suplementos que geralmente são utilizados para as articulações são conhecidos como JOINTS. Quem nunca sentiu aquela dorzinha ou inchaço no joelho? E uma dificuldade de flexionar os braços ou pernas por sentir a articulação um pouco mais rígida? Essas são algumas das situações em que a suplementação de JOINTS é favorável, e se você nunca sofreu com isso é também um motivo para utilizar, pois esses produtos também auxiliam na sua prevenção.

Os JOINTS, portanto são suplementos alimentares compostos por glucosamina, condroitina, metilsulfonilmetano (MSM) e colágeno tipo II. Essas são substâncias que estão presentes na matriz extracelular que compõem a cartilagem e as articulações, e tem como função prevenir ou impedir a degradação da cartilagem,
Os problemas nos ossos e articulações são comuns na população mais idosa, geralmente acima dos 60 anos, porém muita gente jovem também tem apresentado sintomas característicos da população mais velha. Isso está bastante relacionado com o estilo de vida em que o indivíduo está inserido. Obesidade e sobrepeso, impactos constantes nas articulações e ainda fatores genéticos são alguns dos fatores de risco para o desenvolvimento desses problemas. No entanto, os que mais contribuem são o estilo de vida e as características dos indivíduos.
As articulações são o local de ligação entre dois ossos e que garantem a mobilidade do esqueleto humano, por isso, qualquer fator que cause um maior impacto nesses locais podem causar lesões. A osteoartrite é uma das doenças mais comuns nas articulações, sendo esta caracterizada pela inflamação e degeneração da cartilagem presente nesses locais, causando quadros de fortes dores, inchaço e rigidez articular. Essa doença acomete com maior freqüência os joelhos e quadril, porque são as articulações responsáveis por sustentar o peso de todo o corpo. Justamente por isso, pessoas acima do peso e que realizam esportes ou atividades de altos impactos nessas articulações tem maiores chances de desenvolver esse problema.

Além do joelho e quadril, outras articulações do corpo podem sofrer com processos de degeneração da cartilagem devido a exercícios ou atividades realizadas de forma muito intensas e sem o devido acompanhamento. É o caso de desportistas amadores e até mesmo indivíduos que realizam musculação.

Nessas doenças articulares, em especial na osteoartrite, o grande problema está na degradação da cartilagem que reveste as articulações. Essa cartilagem é composta por uma matriz extracelular (colágeno tipo II, proteoglicanos, fibras elásticas e ácido hialurônico) que é produzida a partir das células presentes nesse tecido, os condrócitos. Em indivíduos que apresentam essa doença, que pode ser desencadeada pelos vários fatores já citados, uma cascata de reações sinaliza para que ocorra a destruição dos condrócitos, dessa forma a matriz extracelular começa a ficar prejudicada e consequentemente a cartilagem se desgasta. Os ossos ficam mais susceptíveis ao contato e a lubrificação da articulação diminui, ocasionando os sintomas de dor, inchaço e rigidez.

Os JOINTS, por serem suplementos alimentares compostos por substâncias que compõem a matriz extracelular da cartilagem presente nas articulações tem como função prevenir ou impedir a degradação da cartilagem, inibindo as enzimas responsáveis por realizar essas ações. Diversos estudos científicos mostram o efeito positivo na redução de sintomas de indivíduos com osteoartrite e consequente controle da doença. Logo, a suplementação de JOINTS por indivíduos com osteoartrite proporcionam efeitos positivos. Além desse público, pensando em pessoas que praticam esportes de alta intensidade que geram impacto nas articulações, a utilização dos JOINTS pode ser uma estratégia interessante a fim de prevenir o desenvolvimento das doenças articulares, uma vez que tais impactos são considerados fatores de risco.

Se você é uma pessoa que se identifica com algum dos perfis abordados no texto, consulte o seu nutricionista para melhor adequar o uso dos JOINTS na sua alimentação.
Este texto foi escrito por Rafael Teixeira, baseado em artigos científicos. Todo material utilizado pode ser disponibilizado quando requerido.
Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail nutricao@sncsalvador.com.br
Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.
Acompanhe-nos nas redes sociais e não perca nenhuma notícia e/ou promoção (busque por sncsalvador).

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.