Sem categoria

Benefícios das Gorduras

O consumo excessivo de gorduras, principalmente gorduras trans e saturadas, é considerado ainda como um fator preponderante no desenvolvimento de algumas doenças. Apesar disso, a gordura é um dos componentes essenciais da dieta humana e não deve ser excluída, pois além de fornecer maior quantidade de energia comparada aos carboidratos e às proteínas, oferta ácidos graxos essenciais, que não são produzidos pelo organismo e podem trazer efeitos benéficos à saúde.

O nome “gordura” engloba duas categorias de substâncias: o glicerol e os ácidos graxos. Essas gorduras podem também ser classificadas pelo número de ligações duplas presentes nas cadeias laterais de ácidos graxos, denominadas de gorduras saturadas, monoinsaturadas ou poli-insaturadas. As gorduras possuem atividades biológicas em membranas celulares e no metabolismo dos tecidos, produção hormonal e outros. Essas atividades biológicas podem ser agrupadas como atividades de estrutura e função da membrana, regulação das vias de sinalização intracelular, atividade do fator de transcrição em conjunto com a expressão do gene e regulação da produção de mediadores de lipídios bioativos. Através dessas ações, as gorduras impactam no bem-estar e reduzem o risco de desenvolver doenças.

Os ácidos graxos ômega-3 exercem efeito anti-inflamatório por pelo menos três mecanismos. Primeiro, influenciam a composição fosfolipídica da membrana celular, resultando na síntese de mediadores lipídicos com menor potencial inflamatório que mediadores derivados do ômega-6. Segundo, agem como agonistas de PPAR (receptor de ativação de proliferação de peroxissomas), cuja ativação exerce efeitos anti-inflamatórios. Terceiro, os ácidos graxos ômega-3 estabilizam o complexo NFkB/IkB, suprimindo a ativação de genes envolvidos no processo inflamatório.

Em adição a seus efeitos na estabilidade e fluidez da membrana, o ômega-3 e ômega-6 são também precursores dos eicosanoides, mediadores inflamatórios lipossolúveis que constituem uma das principais vias de atuação dos ácidos graxos. É amplamente aceita a importância do equilíbrio entre omega-6:ômega-3 na dieta, não apenas as quantidades absolutas de ácidos graxos individuais. Assim, a oferta de lipídios é imprescindível e deve prever o aporte de ácidos graxos essenciais para promover maiores benefícios à saúde. Lembramos sempre que o nutricionista é o profissional qualificado para analisar as necessidades individuais e ofertar esse aporte de maneira adequada.

Este texto foi escrito por Camila Rheinschmitt, integrante da equipe de nutrição da SNC-Salvador, baseado em artigos científicos. Todo material utilizado pode ser disponibilizado quando requerido. Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail: nutricao@sncsalvador.com.br. Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor. Acompanhe-nos nas redes sociais e não perca nenhuma notícia e/ou promoção (busque por sncsalvador).

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.