Sem categoria

Dieta cetogênica

O padrão de beleza atual exige cada vez mais que as mulheres sejam mais magras e que os homens sejam mais fortes. Para alcançar esses objetivos várias estratégias podem ser utilizadas, e um dos pontos mais importantes é o que você come. Quem nunca passou em frente a uma banca de revistas e observou aquelas manchetes que prometem grandes perdas de peso em pouco tempo? Ou ainda aquelas dietas que prometem músculos tonificados em apenas 1 semana?

Diversos tipos de dietas prometem esses resultados, porém poucas possuem relevância científica. Ou seja, a maioria das estratégias nutricionais divulgadas e encontradas nas bancas de revistas podem não ter efeito cientificamente comprovado.

A dieta cetogênica por sua vez, é uma alternativa que vem sendo estudada há muito tempo, e suas aplicabilidades mostram cada vez mais efetividade. Emagrecimento, controle do diabetes e principalmente para a melhora de convulsões em indivíduos que sofrem com epilepsia, são as finalidades que essa estratégia mostra melhores resultados. Essa estratégia nutricional tem como base o consumo de gorduras e proteínas, quase nada de carboidratos. Em números, é composto por 80% da ingestão calórica diária de gorduras, 1,2 a 1,5 g/kg de proteína e apenas 50 g de carboidrato por dia. O objetivo é que o corpo utilize os outros macronutrientes (proteína e gordura) como fonte de energia ao invés do carboidrato, para que assim os corpos cetônicos sejam produzidos.

Os corpos cetônicos são compostos produzidos em condições que o organismo não consome carboidrato, como em períodos prolongados de jejum ou em dietas com baixas quantidades de carboidratos. E esse é um dos pontos negativos dessa estratégia. O período inicial de formação de corpos cetônicos leva aproximadamente duas semanas, e durante esse tempo são comuns sintomas como dores de cabeça, estresse, visão turva e náuseas. Por outro lado, benefícios como emagrecimento e melhora do padrão glicêmico em diabéticos são certamente alcançados.

Esses resultados são alcançados principalmente devido a restrição glicídica. Com menor quantidade de carboidratos sendo ingerida, o organismo passa a oxidar mais gordura como forma de fornecer energia (ATP), para isso, os estoques desse nutriente no corpo (tecido adiposo) começam a ser depletados. Com a menor ingestão de carboidratos, a glicose circulante também é reduzida e consequentemente os níveis glicêmicos tendem a ficar mais controlados nos indivíduos diabéticos. A redução da hemoglobina glicada, um dos principais marcadores para a meta glicêmica, é logo notada nos exames laboratoriais.

Estratégias com restrições severas, principalmente de carboidratos, tendem a ser mais complicadas de serem mantidas a longo prazo. E por isso são utilizadas em momentos pontuais. Além disso, a deficiência de vitaminas e minerais pode acontecer quando o acompanhamento com o nutricionista não é realizado. Como a maior parte dos alimentos utilizados nessa estratégia são fontes de gordura, é importante também selecionar os diferentes tipos, de forma que sejam consumidos em maior quantidade os tipos mais saudáveis como as gorduras poli e monoinsaturadas, e em menor quantidade as saturadas e trans.

Por isso, caso você esteja pensando em começar a fazer uma dieta cetogênica, consulte o seu nutricionista para melhor adequar essa estratégia a sua rotina.

Este texto foi escrito por Rafael Teixeira, baseado em artigos científicos. Todo material utilizado pode ser disponibilizado quando requerido.
Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail nutricao@sncsalvador.com.br
Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.
Acompanhe-nos nas redes sociais e não perca nenhuma notícia e/ou promoção (busque por sncsalvador).

2 comentário

Vivian dos santos 9 de outubro de 2017 at 21:36

Amei seu texto muito esclarecedor .

Responder
Rafael Teixeira 13 de novembro de 2017 at 11:33

Obrigado Vivian!! Qualquer dúvida estou a disposição.

Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.