Sem categoria

Kombuchá: uma novidade saudável.

Apesar de eu ter escolhido anunciá-la como‘’novidade’’, queria adiantar pra vocês que se trata de uma bebida bastante antiga, com documentos que confirmam sua existência desde 220 a.C, na Manchúria (China), onde era muito valorizada e conhecida por suas ditas propriedades energizantes e desintoxificantes. Essa bebida começou a ser disseminada por diversos países como a Rússia e toda a Europa e hoje está ficando mais conhecida no Brasil, sendo utilizada como uma bebida para ofertar saúde e para ampliar o mercado gourmet, por exemplo, com a produção de drinks especiais.

Mas, afinal, o que seria Kombuchá? Então, a Kombuchá é uma bebida obtida a partir da fermentação de infusão de folhas de chá por simbiótico – que é o nome que se dá quando combinamos bactérias boas com alimentos para essas bactérias (fibras) –  de bactérias e leveduras, sendo os ingredientes mais comuns para sua produção o chá preto e o açúcar branco, apesar de se poder utilizar também o chá verde. Além de ser composta por alguns probióticos como bactérias do ácido acético e bactérias do ácido lático, ela conta ainda com nutrientes como os polifenóis dos chás, açúcares, ácidos orgânicos, etanol, vitaminas solúveis em água e uma variedade de micronutrientes produzidos durante a fermentação. O resultado é uma bebida refrescante (que deve ser conservada e consumida gelada) e levemente gaseificada. Hoje já é possível encontrar uma vasta variedade de Kombuchás no mercado, sendo possível agradar aos mais variados gostos – cada kombuchá possui um sabor muito próprio. Tem Kombuchá de frutas, com especiarias como o gengibre, combinações refrescantes como maracujá e manjericão e chás famosos pelas suas propriedades diuréticas, como o hibisco.

Segundo estudos, a kombuchá está associada a diversos efeitos benéficos à saúde, nomeadamente a ação contra doenças metabólicas, artrite, psoríase, prisão de ventre, indigestão e hipertensão. No entanto, não existem ainda provas sólidas da sua eficácia. Apesar disto, a sua popularidade continua a assentar na sua fama como bebida promotora de saúde (Zhu et al., 2000).

Outros autores citam benefícios como estímulo ao sistema imunológico, auxílio na digestão, proteção contra câncer e doenças cardiovasculares, prevenção contra infecções e propriedades no controle da hipoglicemia e ação antilipidêmica (contra acúmulo de gordura), atividades de eliminação de radicais livres, entre outras.

Apesar do anúncio de tantas vantagens, como disse um dos autores citados anteriormente, muitas propriedades ainda necessitam de maior comprovação de eficácia. Sendo assim, dispomos hoje de mais um alimento aparentemente muito interessante para a saúde, por sua oferta de probióticos, que auxiliam de maneira abrangente na manutenção da nossa saúde e outros nutrientes importantes, como os polifenóis presentes nos chás. Mas, de todo modo, mais produção científica é necessária para que tenhamos maior conhecimento sobre as propriedades dessa bebida, seus possíveis efeitos adversos e real eficácia. Procure sempre seu nutricionista para ajustes na sua alimentação. Saúde!

“Este texto foi escrito por Juliana de Andrade, baseado em artigos científicos. Todo material utilizado pode ser disponibilizado quando requerido. Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail nutricao@sncsalvador.com.br. Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor. Acompanhe-nos nas redes sociais e não perca nenhuma notícia e/ou promoção (busque por sncsalvador)”

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.