Sem categoria

Sinefrina e Saciedade

C. aurantium, conhecida popularmente como laranja amarga, é uma planta originária da Ásia e seus extratos são utilizados como suplementos há cerca de 20 anos, pois são ricos em diversas substâncias, dentre elas, destacam-se os flavanoides e a sinefrina.
Nos últimos anos, tem sido muito utilizada como coadjuvante no tratamento da obesidade, por ser capaz de diminuir o apetite, aumentar a queima de gordura corporal, diminuição da motilidade gástrica e influência na saciedade.
Vários fatores são capazes de regular o apetite e promover saciedade, contribui para a regulação da ingestão alimentar. Estes são regulados na região hipotalâmica do cérebro em comunicação com o sistema gastrointestinal, como por exemplo, a presença do alimento e o próprio processo de digestão contribuem para a modulação do apetite.
A sinefrina reduz a motilidade gástrica, da mesma forma que a colecistoquinina e outros peptídeos intestinais, aumenta a saciedade, reduz a ingestão de alimentos e eleva a perda de peso. Em adição, possui atividade adrenérgica, que é responsável por produzir aumento da lipólise, por meio do aumento da termogênese. Isso acontece a partir do aumento do metabolismo gerado através da estimulação do receptor β-3 adrenérgico. Além disso, a sinefrina não é capaz de atuar sobre o sistema cardiovascular, pois não atua nos receptores α-1, α-2, β-1, β-2, os quais estão relacionados à pressão sanguínea e aos batimentos cardíacos. Os receptores β-3 adrenérgicos estão presentes em diferentes células, atua em uma variedade de funções, como na estimulação das células do tecido adiposo, aumenta a taxa de metabolismo basal e comanda a queima da gordura.
Sendo assim, a sinefrina pode ser uma estratégia interessante para aquelas pessoas que buscam emagrecimento e maior sensação de saciedade, quando associada a outras. No entanto, sua utilização deve acontecer sobre orientação profissional, por isso, procure um nutricionista antes de consumir.

Este texto foi escrito por Helen Costa, baseado em artigos científicos. Todo material utilizado pode ser disponibilizado quando requerido.
Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail nutricao@sncsalvador.com.br. Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor.

Deixe um comentário