#maislife Health Nutrition Nutritions Suplementos Workouts

VITAMINA D: POR QUE SUPLEMENTAR?

A vitamina D é uma vitamina lipossolúvel, considerada por muitos, um hormônio. Ela tem sido muito estudada nos últimos anos, demonstrando sua função no metabolismo do cálcio e da formação óssea, incluindo sua interação com o sistema imunológico. Existe expressão do receptor de vitamina D em vários tecidos do corpo como cérebro, coração, pele, intestino, gônadas, próstata, mamas e células imunológicas, além de ossos, rins e paratireoide. Por isso, é tão importante o papel dessa vitamina para diversas funções no organismo.

A exposição diária à luz solar por alguns minutos parece ser eficaz para manter os níveis de vitamina D normais. Porém, há alguns fatores de risco para deficiência desta vitamina, são eles: uso excessivo de roupas; países de pouca insolação (alta latitude); pouca penetração da luz ultravioleta (UVB) durante o inverno na atmosfera; uso de protetor solar; confinamento em locais onde não há exposição à luz UVB; bem como, a falta de tempo relatada por algumas pessoas para banho solar.

Além disso, existem naturalmente alguns grupos de risco para deficiência de vitamina D. Os negros, por possuírem maior quantidade de melanina na pele, isso gera competição que dificulta a síntese de vitamina D; os idosos, por possuírem menor capacidade de sintetizar a vitamina D pela pele; obesos, por acumularem a Vitamina D no tecido adiposo, impedindo que ela cumpra seus papéis no organismo; além de pessoas com doenças que atrapalham o metabolismo da vitamina D (Fibrose cística, Doenças do trato gastrintestinal, Doenças hematológicas, Doenças renais, Insuficiência cardíaca e Imobilização).

Estudos atuais têm relacionado a deficiência de vitamina D com o surgimento de várias doenças autoimunes, incluindo diabetes mellitus insulinodependente, esclerose múltipla, doença inflamatória intestinal, lúpus eritematoso sistêmico e artrite reumatoide. Por isso, sugere-se que a manutenção dos níveis de Vitamina D pode prevenir o aparecimento dessas doenças, bem como auxiliar no tratamento.

A suplementação de vitamina D, mostra-se bastante eficaz em muitos estudos e essa estratégia é uma perfeita opção para pessoas que se encaixam nos grupos de risco ou que possuem os fatores de risco presentes em sua rotina. Se for o seu caso, busque um (a) nutricionista/médico (a), verifique se seus níveis de vitamina D estão normais e se for necessário, estes profissionais irão orientar a sua suplementação.

Este texto foi escrito por Felipe Araújo, integrante da equipe de nutrição da SNC-Salvador, baseado em artigos científicos. Todo material utilizado pode ser disponibilizado quando requerido. Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail: nutricao@sncsalvador.com.br. Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor. Acompanhe-nos nas redes sociais e não perca nenhuma notícia e/ou promoção (busque por sncsalvador).

Posts relacionados

Você conhece a Rhodiola crenulata?

Bryan

Suplementação no autismo

Lais Vieira

Aveia: Um Grande Aliado Para Sua Saúde!

Bryan

Deixe um comentário